Acessar o conteúdo principal
Economia/ mídia

Publicidade na internet vai superar a na televisão a partir de 2018

A publicidade na internet cresce a cada ano.
A publicidade na internet cresce a cada ano. pixabay

Pela primeira vez no mundo, em 2018 os investimentos em publicidade na internet vão ultrapassar a veiculada na televisão. Um estudo feito pela agência francesa ZenithOptimedia, que integra o grupo Publicis, também constatou que importância da imprensa escrita junto ao público vai seguir em queda – o que resulta em cada vez menos publicidade neste setor.

Publicidade

Nos próximos anos, a diferença entre os investimentos na televisão e na internet vai diminuir progressivamente, passando de 13,3 pontos para 1,9 ponto em 2017. “Neste ritmo de crescimento, a publicidade na internet deve passar a televisão em 2018, em nível mundial”, afirma a pesquisa, divulgada nesta segunda-feira (14), em Paris.

Em dois anos, a televisão vai captar 35,9% dos gastos com publicidade, a internet fixa terá 19,1% e a internet móvel, 15%. A parte global da internet atingirá, portanto, 34,1%.

Internet supera imprensa escrita

O estudo aponta que a imprensa escrita – jornais e revistas – vai continuar perdendo mercado e deve ser superada em 2016 pela internet móvel. Neste contexto, o peso da imprensa tradicional nas despesas publicitárias das empresas, que chegava a 39,4% em 2007, vai ser de apenas 19,6% neste ano e cair para 16,7% em 2017. A queda se iniciou em 2008 e, desde então, só se acentuou.

A ZenithOptimedia reavaliou para baixo as suas perspectivas de crescimento mundial da publicidade neste ano, que deve chegar a 4% em 2015, num total de US$ 544 bilhões. No ano que vem, as Olimpíadas no Rio de Janeiro e a as eleições presidenciais americanas voltam a esquentar o mercado, gerando uma expansão de 5%, antes de uma nova queda para 4,4% em 2017. O mercado publicitário francês, o sétimo mundial, segue contraído.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.