Acessar o conteúdo principal
Trump/Mnuchin

Trump nomeia ex-banqueiro da Goldman Sachs para secretário do Tesouro

Steven Mnuchin, futuro secretário do Tesouro dos EUA.
Steven Mnuchin, futuro secretário do Tesouro dos EUA. REUTERS/Mike Segar

O banqueiro Steve Mnuchin, que já alto executivo do Goldman Sachs e produziu grandes sucessos de Hollywood, anunciou nesta quarta-feira (30) que foi nomeado como novo secretário do Tesouro no governo de Donald Trump, durante uma entrevista ao canal CNBC.

Publicidade

Mnuchin, 53 anos, também confirmou a nomeação de Wilbur Ross à frente do departamento do Comércio, responsável por gerenciar a política industrial americana. "Estamos muito honrados de ter sido nomeados nestes postos", afirmou Mnuchin, falando por Ross, apesar de seus cargos ainda terem de ser confirmados pela equipe de Trump.

O banqueiro foi o tesoureiro da campanha de Trump. Depois de fazer carreira na Goldman Sachs, da qual se tornou sócio, Mnuchin criou seu próprio fundo de investimento, produzindo grandes sucesso de bilheteria de Hollywood, como a série “X-Men” e “Avatar”.

Mnuchin estará à frente das reformas econômicas prometidas pelo futuro presidente, que incluem um grande pacote de cortes nos impostos, mudanças de posicionamento em acordos de comércio internacional e a adoção de um novo e ambicioso programa de gastos em infraestrutura.

Também podem estar em suas mãos, segundo análise do jornal The New York Times, uma revisão das políticas da administração Obama em relação a Teerã e Havana.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.