Acessar o conteúdo principal
Paris/Maratona

Quenianos dominam mais uma vez maratona de Paris

Mais de 40 mil pessoas participaram da Maratona de Paris neste ano.
Mais de 40 mil pessoas participaram da Maratona de Paris neste ano. REUTERS/Benoit Tessier

O corredor queniano Benjamin Kiptoo foi o grande vencedor deste domingo da trigésima-quinta edição da maratona de Paris. Ele finalizou os 42, 195 quilômetros do percurso em 2h 06 min 31 sec, a somente 47 segundos do recorde da prova, batido em 2006 pelo seu compatriota Vincent Kipruto.

Publicidade

Kiptto assumiu a liderança da corrida a 6 quilômetros da linha de chegada, desbancando o etiopiano Eshetu Wendimu, apontado como o favorito. Ele já quase havia subido ao pódio em 2010, quando ficou em quarto lugar na maratona parisiense. O queniano também já havia se destacado como o grande vencedor da maratona de Roma em 2009, atingindo a marca de 2 h 07 min 17 sec, seu recorde antes da corrida de hoje. Em segundo lugar ficou Bernard Kiopyego, outro queniano, que chegou em segundo lugar fazendo o tempo de 2 h 7 min 16 sec.

Entre as mulheres, a vencedora foi Priscah Jeptoo, que acabou a prova em 2 h 22 min 52 sec .
Jeptoo, 27 ans, bateu o recorde de Agnes Kiprop (2 h 24 min 41 sec), e melhorou seu próprio recorde de 2 h 27 min e 01 sec.

Mais de 40 mil corredores participaram da maratona de Paris neste ano, entre eles, mais de 300 brasileiros. O percurso, saindo da avenida Champs Elysée, atravessa Paris até o Bois de Vincennes, passando pela rua Rivoli, praça da Bastilha, avenida Georges Pompidou, Bois de Boulogne e avenida Foch.

Uma das curiosidades da maratona neste ano foi a participação da ministra francesa dos esportes, Chantal Jouanno, que terminou a corrida em 4 horas e 31 minutos. A ministra treinava há vários meses para participar da prova. "Gosto dessa corrida porque ela é popular, sem pretensão, e é meu dever mostrar que ela é acessível a todos."
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.