Acessar o conteúdo principal

Decisão de Mourinho de deixar Casillas no banco é condenada pela imprensa

Técnico do Real Madri, José Mourinho.
Técnico do Real Madri, José Mourinho. REUTERS/Juan Medina

A imprensa espanhola faz neste domingo, 23 de dezembro de 2012, duras críticas a José Mourinho, no dia seguinte da derrota do Real Madri para o Málaga. Quase ninguém entende as razões que levaram o técnico a deixar o goleiro Casillas no banco de reservas durante o jogo.

Publicidade

Todos os jornais espanhóis de hoje foram unânimes em condenar a decisão de Mourinho de deixar no banco de reservas do goleiro e capitão Iker Casillas na partida de sábado contra o Málaga, pela 17ª rodada do Campeonato espanhol. O Real perdeu por 3 a 2, uma derrota que aumenta ainda mais a tensão entre Mourinho, a equipe e os torcedores madrilenhos. O episódio traz muitas dúvidas sobre o futuro do técnico no clube, mesmo se seu contrato foi prolongado até o mês de maio de 2016.

"Mourinho se ridiculariza" escreve o Marca ao lado da foto do goleiro Casillas cabisbaixo, no banco de reservas por uma decisão técnica pela primeira vez em 10 anos. O jornal esportivo AS diz que o técnico do Real "virou um problema insuportável".

A incompreensão também é grande entre os jogadores. O defensor Sergio Ramos afirmou que todo mundo ficou surpreso com a substituição de Casillas por Antonio Adán.

Já o jornal de Barcelona Mundo Deportivo deu razão a Mourinho lembrando que "ele não colocou no banco de reservas somente um dos melhores goleiros do mundo e capitão do Real, mas também o líder das críticas contra ele no vestiário".

O português José Mourinho chegou ao Real em 2010 e colecionou atritos com os jogadores. Com a derrota para o Málaga, o Real Madri está em terceiro lugar no Campeonato, 16 pontos atrás do líder Barcelona. O Barça venceu ontem o Real Valladolid por 3 a 1 e termina o ano invicto. Em segundo lugar na Liga Espanhola está o Atlético de Madri.

Resultados das rodadas deste domingo em outros campeonatos europeus

Na Inglaterra, o líder Manchester United empatou neste domingo com o Swansea, por 1 a 1. Com o resultado sua vantagem sobre o segundo colocado, o Manchester City, foi reduzida para quatro pontos. No outro jogo desta 18 ª rodada do Campeonato inglês terminou com uma goleada impressionante. O Chelsea venceu o Aston Villa por 8 a 0 e pulou do sétimo para o terceiro lugar da classificação.

Na França, o PSG e o Lyon continuam empatados depois dos jogos pela 19ª, mas os parisienses lideram no saldo de gols. O Marselha, o terceiro colocado com 35 pontos, joga esta noite contra o Saint-Etienne e pode se aproximar ainda mais dos líderes, que têm 38 pontos.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.