Acessar o conteúdo principal

Alex Ferguson anuncia aposentaria após 26 anos como treinador do Manchester United

Sir Alex Ferguson, técnico do Manchester United.
Sir Alex Ferguson, técnico do Manchester United. REUTERS/Phil Noble

Aos 71 anos, Alex Ferguson, treinador do Manchester United, anunciou nesta quarta-feira que vai se aposentar ao término da temporada de futebol. Apesar dos rumores dos últimos dias, a notícia surpreendeu torcedores e dirigentes. O site do clube já começou a homenagear o maior técnico da história do futebol inglês, que passou quase 27 anos dirigindo o Manchester United.

Publicidade

Em um comunicado, Ferguson disse ter refletido bastante sobre sua decisão que não foi tomada de maneira precipitada. “Chegou a hora”, declarou o treinador que passou os últimos anos se recusava a falar de uma aposentadoria. Na semana passada, ele afirmou que não tinha plano algum para o final de sua vitoriosa carreira, apesar de uma operação no quadril prevista para julho ou agosto.

Sir Alex, como é conhecido, deixa o comando do Manchester United no topo da glória após 26 anos de reinado, período no qual o clube acumulou uma coleção de títulos de fazer inveja a seus adversários na Grã-Bretanha. Há 17 dias, o time conquistou o 20° título de campeão inglês, o 13° da era Ferguson. Sob seu comando, o Manchester United também conquistou por duas vezes o título de campeão da Liga dos Campeões da Europa (1999, 2008), cinco FA Cups e quatro Copas da Liga inglesa.

“Era importante para mim deixar o clube nas melhores condições possíveis e acho que é o caso. A qualidade deste grupo e a idade dos jogadores devem permitir a seqüência do sucesso no mais alto nível”, explicou.

O último jogo de Ferguson no comando do Manchester United será no dia 19 de maio contra o West Bromwich, pelo campeonato inglês. Será o seu jogo de número 1.500 à frente dos “Diabos Vermelhos”.

As reações e as homenagens não demoraram assim que foi confirmado o anúncio da aposentadoria de Alex Ferguson. O diretor geral do clube, David Gill declarou que a obra de Ferguson “jamais será esquecida”.

Substituto

O nome do sucessor de Ferguson não foi anunciado. Os candidatos mais prováveis citados pela imprensa britânica são o atual treinador do Real Madri, o português José Mourinho, o alemão Jürgen Klopp, do Borussia Dortmund, e principalmente David Moyes, técnico do Ewerton e escocês como Ferguson. Independentemente do escolhido, ele terá a difícil tarefa de suceder o homem que se tornou uma lenda viva do clube, com direito a  uma estátua no estádio Old Trafford e uma arquibancada com seu nome.

Alex Ferguson, condecorado pela rainha da Inglaterra em 1999, após a tripla vitória do Manchester United na Liga dos Campeões, na FA Cup e no campeonato inglês, foi o responsável pela evolução de grandes nomes no futebol como David Beckham, Eric Cantona e mais recentemente Cristiano Ronaldo e Wayne Rooney.

O escocês deixa o cargo de treinador mais continuará atuando como diretor e embaixador do Manchester United.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.