Acessar o conteúdo principal
Paris/Jogos

Paris vai sediar Jogos Gay de 2018

A cidade de Paris foi escolhida nesta segunda-feira para sediar a 10ª edição dos Gay Games.
A cidade de Paris foi escolhida nesta segunda-feira para sediar a 10ª edição dos Gay Games. http://www.paris2018.com

Paris foi escolhida para ser a cidade-sede da 10ª edição dos "Gay Games" (Jogos Gay), em 2018, pela Federação Internacionals dos Jogos Homossexuais, que anunciou sua decisão nesta segunda-feira em Cleveland, nos Estados Unidos. A vitória francesa sobre sua principal rival, Londres, tem gosto de revanche, já que as duas cidades já se haviam afrontado na disputa para sediar as Olimpíadas de 2012, que acabaram ficando para a Inglaterra.

Publicidade

Depois de ter perdido os "Gay Games" 2010 para Colônia, Paris apresentou desta vez um candidatura meticulosamente planejada que chegou a surpreender os organizadores do evento. Além disso, toda a classe política, que há oito anos estava empenhada na campanha para sediar os Jogos Olímpicos de 2012, se mobilizou agora para apoiar a candidatura francesa.

A ministra do Esporte, Valerie Fourneyron, foi até os Estados Unidos para promover a cidade, acompanhada de uma delegação da prefeitura de Paris e do Conselho Regional da região Île de France, assim como da esgrimista Laura Flessel, madrinha da candidatura.

"Essa foi uma vitória esperada e merecida", comentou a ministra. "Paris e a França saberão oferecer uma grande festa aberta a todas e todos sem exclusão nem discriminação".

Fundados em 1982 graças à iniciativa de um atleta americano, Tom Waddell, os "Gay Games" pretendem ser uma manifestação esportiva e cultural "inclusiva", aberta a todos os indivíduos, qualquer seja a orientação sexual deles, e "promotora de valores de tolerância".

Independente de critérios esportivos, a participação aos Jogos Gay funciona por inscrições e reúne a cada edição mais de 10 mil concorrentes, ou seja, mais que os Jogos Olímpicos.

"Nós esperamos federar mais de 15 mil participantes", dizia assim antes da votação Michel Geoffroy, co-presidente do comitê de candidatura dos jogos de 2018, que devem acontecer de 4 a 12 de agosto.

A cidade de Paris comemorou em um comunicado essa conquista que "contribui para fazer de Paris uma cidade cada vez mais aberta, respeitando assim a tradição de uma cidade com valores humanistas, universais, de comunhão e liberdade."

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.