Acessar o conteúdo principal
Schumacher/Acidente

Ferrari traz fãs da Itália para homenagem de aniversário a Schumacher

Fãs de Schumacher estendem bandeira da Ferrari na entrada do hospital universitário de Grenoble, para celebrar os 45 anos do heptacampeão celebrados hoje, 3 de janeiro de 2014.
Fãs de Schumacher estendem bandeira da Ferrari na entrada do hospital universitário de Grenoble, para celebrar os 45 anos do heptacampeão celebrados hoje, 3 de janeiro de 2014. REUTERS/Charles Platiau

Michael Schumacher passa um triste aniversário de 45 anos, nesta sexta-feira, internado em coma induzido no hospital universitário de Grenoble, no sudeste da França. Ferraristas de vários fã-clubes, entre os 130 que a escuderia possui na Europa, abriram uma faixa de 21 metros na porta do hospital para desejar parabéns e pleno restabelecimento ao maior campeão da história da F1, vítima de um grave acidente de esqui.

Publicidade

Dezenas de fãs de Schumacher chegaram na manhã desta sexta-feira ao hospital francês onde ele está internado provenientes da Itália, em ônibus fretados pela escuderia italiana. Outros vieram da Alemanha. Às 10h, no horário de Brasília, os fãs estenderam uma faixa de 21 metros com o escudo da Ferrari na entrada do hospital, embaixo da janela do 5° andar onde o piloto recebe tratamento intensivo. Esta faixa só é transportada em ocasiões especiais. Os ferraristas exibiam bandeirinhas dos fã-clubes de Bergamo, Milão, Roma-Colisseo, Varèse e Travedona, entre outros.

Os fãs também entregaram à família de Schumacher uma placa comemorativa pelo aniversário de 45 anos do heptacampeão. Em silêncio, mas formando uma corrente de energia, eles demonstraram o carinho e o reconhecimento que têm por Schumacher, torcendo para que ele se recupere do grave acidente de esqui sofrido no domingo.

Em seu site, a Ferrari diz que hoje é um dia especial e homenageia Schumacher com um álbum de 72 fotos das "vitórias inesquecíveis" que ele conquistou nos dez anos em que correu pela escuderia.

Até 15h, no horário local, não houve divulgação de novo boletim médico. A última informação oficial é da manhã de quarta-feira, quando a assessora de imprensa de Schumacher, Sabine Kehm, disse que ele continuava em estado crítico, mas estável.

Ontem, a família de Schumacher publicou uma nota agradecendo as manifestações de apoio dos fãs. Na nota, a família se refere a ele como um "combatente" e afirma ter confiança que o campeão não vai abandonar a luta agora.

Um jornalista do jornal alemão Bild fez o mesmo percurso de Schumacher na estação de Méribel, para tentar entender o que pode ter acontecido na manhã de domingo. O vídeo com a demonstração, publicado no site do jornal, mostra que Schumacher esquiava em uma área frequentada por dezenas de outros esquiadores. Ele deu um tremendo azar e foi vítima de uma queda infeliz.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.