Acessar o conteúdo principal
Futebol/Europa

Neymar nega irregularidades no contrato com o Barcelona

Neymar, durante treino na Ciutat Esportiva Joan Gamper, perto de Barcelona.
Neymar, durante treino na Ciutat Esportiva Joan Gamper, perto de Barcelona. Reuters

O atacante brasileiro Neymar, cuja transferência ao Barcelona é alvo de uma investigação da justiça espanhola, afirmou em uma entrevista publicada nesta quarta-feira (15) que não “há nada” de ilegal nos contratos assinados durante a operação. 

Publicidade

“Sei que falam muito sobre meu contrato”, disse o jogador de 21 anos na entrevista concedida ao diário catalão Sport.

“Foi o meu pai que assinou os contratos e ele, é claro, é alguém em quem tenho total confiança. Não há nada de ilegal. De qualquer forma, se alguém tiver a menor dúvida, pode contatar meu pai porque, de minha parte, eu devo me concentrar no que sei fazer, que é jogar futebol”, declarou.

Um juiz da Audiência Nacional, a mais alta instância judiciária da Espanha, que pediu em dezembro uma série de justificativas ao Barcelona, deve se pronunciar sobre a queixa encaminhada por um associado do clube. Ele acusa o presidente do Barça, Sandro Rosell, de “apropriação indevida”.

Em uma análise divulgada na semana passada, a promotoria da Audiência Nacional estima que há motivos para investigar as condições da transferência de Neymar ao Barcelona. O clube espanhol diz ter contratado o ex-jogador do Santos por 57,1 milhões de euros, sendo que 17,1 milhões teriam ficado com o Santos.

"Estou feliz"

Na entrevista exclusiva feita pelo diário catalão, no centro de treinamentos do Barcelona, o brasileiro fez um balanço de seus primeiros meses de futebol europeu. “Ainda estou me adaptando”, disse o parceiro de Messi nos gramados, elogiando a cooperação que diz ter recebido do elenco desde a sua chegada.

Dizendo estar “muito feliz” no Barca, o brasileiro driblou as críticas de que ainda faltam gols para ser um verdadeiro craque. Neymar também negou que “faça teatro” dentro de campo ao receber faltas dos adversários. “Tento proteger-me”, disse ele sobre as pancadas, sem se incomodar com os comentários de que exagera nas quedas.

Posando ao lado de troféus do clube, o atacante insistiu que realizou um sonho ao vestir a camiseta azul-grená e que pretende ganhar muitos títulos com a equipe.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.