Acessar o conteúdo principal
Futebol/França

Ibrahimovic bate recorde no PSG e deixa clube mais perto do título

Com dois gols do centroavante Ibrahimovic, o PSG venceu o Saint-Etienne por 2 a 0 neste domingo, no Parque dos Príncipes.
Com dois gols do centroavante Ibrahimovic, o PSG venceu o Saint-Etienne por 2 a 0 neste domingo, no Parque dos Príncipes. REUTERS/Benoit Tessier

O Paris Saint-Germain deu mais um passo para conquista do bicampeonato francês após a vitória de 2 a 0 sobre o Saint-Etienne na noite deste domingo (16) no Parque des Príncipes, em Paris. Autor dos dois gols, o sueco Ibrahimovic entrou para a história do PSG como o maior artilheiro do clube durante uma temporada.

Publicidade

O primeiro gol de Zlatan Ibrahimovic foi marcado aos 14 minutos do primeiro tempo, após uma jogada de Matuidi, em posição considerada irregular no lance. Apesar das reclamações dos jogadores do Saint-Etienne, o gol foi validado. Aos 41’, o sueco ampliou o placar ao completar um cruzamento do uruguaio Cavani.

Ao balançar duas vezes a rede, Ibra chegou aos 40 gols pelo PSG na mesma temporada, superando a marca do atacante Carlos Bianchi, na temporada de 77/78, quando marcou 39 gols. Antes de deixar o estádio, Ibrahimovic abusou da ironia quando questionado pelos jornalistas sobre seu novo recorde na carreira: “Quem gosta de recorde são vocês (jornalistas). Eu apenas faço meu trabalho".

O sueco ainda deverá disputar até o final da temporada 2013/2014 outros nove jogos pelo campeonato francês, a final da Copa da Liga francesa e mais duas partidas pelas quartas-de-final da Liga dos Campeões da Europa. Com isso, são grandes as chances de Zlatan Ibrahimovic ampliar sua marca histórica com o time parisiense.

Rumo ao título sem “dar mole”

Além desse novo recorde, o PSG comemorou o resultado que fez o time voltar a ampliar para 8 pontos sua vantagem para o vice, o Mônaco, que venceu o Lyon fora de casa por 3 a 2. Apesar da posição confortável na tabela e faltando apenas nove jogos para o fim do campeonato, os jogadores do PSG mantêm a prudência e o discurso de que nada ainda está decidido.

“A vitória foi importante para manter a vantagem de oito pontos sobre o Mônaco, um time que sempre está atrás, nos pressionando”, afirmou o brasileiro Maxwell. “Quanto mais se aproxima do fim, a gente se aproxima do título, mas com humildade. Não podemos parar, ‘dar mole’. Enquanto não acabar matematicamente, a gente tem que dar o melhor”, garantiu o lateral-esquerdo.

O atacante Lucas, que entrou no segundo tempo no lugar de Lavezzi, disse que o time relaxou na etapa final, depois de fazer um bom primeiro tempo. “Mas o importante foi que ganhamos, conseguimos neutralizar a equipe do Saint-Etienne. Temos tudo para sermos campeões, mas o campeonato ainda não acabou”, afirmou o atacante.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.