Acessar o conteúdo principal
Seleção brasileira/futebol

Internautas franceses criticam volta de Dunga ao comando da Seleção

Dunga será anunciado como o novo treinador da Seleção.
Dunga será anunciado como o novo treinador da Seleção. REUTERS/Pilar Olivares

A imprensa francesa já repercute um provável retorno de Dunga ao comando da Seleção Brasileira. A CBF deve anunciar nesta terça-feira (22) sua escolha oficial, mas, desde já, parte da imprensa francesa e internautas criticam a volta do ex-capitão de 94 ao cargo de técnico.

Publicidade

A julgar pela imprensa brasileira, a confirmação de Dunga como o novo técnico da Seleção é uma questão de horas. A ESPN Brasil já havia adiantado na sexta-feira passada que as conversas de Dunga com a CBF estavam muito avançadas e a TV Globo confirmou a escolha na noite de domingo (20). Na França, toda a mídia esportiva repercute as informações do Globo Esporte e também anunciam Dunga como o novo técnico da Seleção.

O jornal L'Equipe lançou uma pesquisa em seu site para saber dos internautas franceses se eles acham que a volta de Dunga é uma "boa ideia". Ao todo, cerca de 6 mil leitores já responderam a enquete. 68% não apoiam a decisão e apenas 23% defendem Dunga como o novo comandante da Seleção. 10% dizem não ter uma opinião formada sobre o assunto.

No site do jornal, muitos defendem a escolha de um nome da geração de 82, como Zico. Outros afirmam ainda que a CBF deveria escolher um treinador estrangeiro e sugerem até mesmo o nome de Zinedine Zidane, ex-jogador da seleção francesa campeã de 98.

Sem revolução

Para o Journal du Dimanche, a escolha do ex-capitão da Seleção mais parece uma “restauração que uma revolução”. Segundo o jornal, os dirigentes do futebol brasileiro querem fazer “algo novo com algo velho”. Com 42 vitórias, 12 empates e seis derrotas, o histórico de Dunga à frente da seleção é “respeitável”, mas ele não deixou saudades no que se refere à tática durante os 4 anos (2006-2010) no comando da Seleção, avalia o jornal.

O site Top Mercato, especializado em notícias de futebol, lembra que, atualmente, Dunga está desempregado após sua saída do Internacional em Porto Alegre. Já a versão eletrônica da revista So Foot se questiona se ele vai conseguir permanecer no cargo até 2016.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.