Acessar o conteúdo principal
Futebol/Copa da França

PSG enfrenta o Montpellier em partida pela Copa da França

Zlatan Ibrahimovic (esq) e David Luiz (dir) em aprtida no PSG 20 de dezembro de 2015.
Zlatan Ibrahimovic (esq) e David Luiz (dir) em aprtida no PSG 20 de dezembro de 2015. REUTERS/Charles Platiau

O Paris Saint Germain vai a decidir seu futuro na Copa da França nesta segunda-feira (5) contra o Montepellier. A competição reúne todas as divisões do futebol francês. Nesse final de semana, o Olympique de Marselha foi eliminado por uma equipe da quarta divisão.

Publicidade

O PSG entra em campo com um objetivo claro: passar para as próximas fases da Copa da França. Apesar dos desfalques, Laurent Blanc, técnico do time parisiense, afirmou neste domingo em entrevista coletiva: “Iremos a Montpellier com a intenção de nos classificarmos.” Para a partida desta terça-feira, Bahebeck está lesionado e Thiago Motta também está machucado.

Quanto a Cavani e Lavezzi, os craques foram afastados do jogo contra o Montpellier por problemas de comportamento. A dupla não se reapresentou no Marrocos na data marcada após as férias de final de ano. “Tivemos uma discussão e, após isso, o clube aplicou sanções financeiras, que não entrarei em detalhes, e esportivas. Estas sanções esportivas fui eu que decidi com o apoio do clube. Ambos treinarão separadamente até o próximo sábado e não serão relacionados para os dois jogos seguintes, contra Montpellier e Bastia. Então, faremos um balanço e veremos se continuaremos com as sanções ou se eles serão reintegrados ao grupo. Este é um comportamento inadmissível e inaceitável”, disse Laurent Blanc.

Olympique de Marselha é humilhado por time da quarta divisão

Grande surpresa nos gramados francesesmarcou este início de ano. Atual líder do campeonato francês, o Olympique de Marselha foi eliminado ontem da Copa da França pelo Grenoble, da quarta divisão do futebol francês.

Depois de um empate de 3 a 3 no tempo regulamentar, o Marselha perdeu nos pênaltis por 5 a 4 e deu adeus à competição. O treinador argentino Marcelo Bielsa reagiu com muita irritação ao resultado humilhante do seu clube: "A derrota é injustificável. Qualquer explicação não deve nos impedir de assumir nossa responsabilidade. Assumo todos os erros", disse o treinador do clube.

Além do Olympique de Marselha, outros seis clubes da primeira divisão foram eliminados ontem.

 

 

 

 

 

 

 

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.