Acessar o conteúdo principal
Futebol/FIFA

Cristiano Ronaldo quer ganhar novo Bola de Ouro em 2015 e se igualar a Messi

Pela terceira vez o português Cristiano Ronaldo conquistou o trofeu Bola de Ouro.
Pela terceira vez o português Cristiano Ronaldo conquistou o trofeu Bola de Ouro. Facebook Fifa Ballon d'Or

Apesar das declarações prudentes, o melhor jogador do mundo em 2014, segundo a Fifa, fixou como objetivo a conquista de uma quarto troféu Bola de Ouro, que o faria igualar o recorde de seu arqui-inimigo nos gramados, Lionel Messi.

Publicidade

"2015 é um ano novo, em que podemos ganhar de novo a Liga dos Campeões. Continuando crescendo, podemos ganhar os mesmos (títulos) do ano passado. Sei que é difícil, mas vivo com a ilusão de que sempre se pode melhorar em algo", disse Ronaldo após a premiação.

De maneira previsível, Cristiano Ronaldo conquistou seu terceiro troféu Bola de Ouro e o segundo consecutivo (2008, 2013, 2014) como melhor jogador do mundo durante cerimônia na sede da Fifa nesta terça-feira (12). Os 61 gols em 60 jogos oficiais com o Real Madri e o título da Liga dos Campeões da Europa pesaram mais do que o troféu de campeão mundial do goleiro alemão Manuel Neuer e da temporada sem títulos de seu maior rival na disputa, o argentino Lionel Messi.

Cristiano Ronaldo trocou as lágrimas do ano passado por um grito ao final de seu discurso no palco, diante da nata do futebol mundial. "Todos os três mereciam ganhar, mas talvez eu merecesse mais", disse em entrevista à Agência France Presse.

O jogador português teve uma vitória incontestável com mais de 37,66% dos votos, mais que o dobro dos outros dois concorrentes ao prêmio: Messi teve 15,76% e o goleiro alemão Manuel 15,72%. Com o terceiro Bola de Ouro, Cristiano Ronaldo se iguala aos holandeses Marco van Basten e Johan Cruyyf, e ao francês Michel Platini. Aos 29 anos, o atacante não pretende parar por aí.

Messi fora do Barça?

Depois da premiação, Messi desmentiu rumores de que poderia deixar o Barcelona e ir para o Chelsea ou o Manchester City. Ele chegou a levantar dúvidas sobre seus planos, durante a entrevista coletiva antes da entrega do prêmio ao dizer: "Sempre disse que gostaria de finalizar minha carriera no Barcelona ou no Newell's (Argentina), mas não sei onde estarei no ano que vem. Como disse recentemente Cristiano (Ronaldo), o futebol dá muitas voltas e tudo podo acontecer".

A temporada de 2014 de Lionel Messi foi marcada por problemas pessoais, a falta de títulos e problemas com o treinador do Barça, Luis Henrique.

Polêmica com Thiago Silva e David Luiz

A escolha dos zagueiros brasileiros Thiago Silva e David Luiz no time dos melhores da Fifa de 2014 surpeendeu os amantes e críticos do futebol. A Seleção dos 11 melhores do ano passado é uma escolha da FIFA Pro, o sindicato dos jogadores profissinais, e divulgada antes da entrega do prêmio Bola de Ouro.
Se a presença dos três finalistas ao troféu (Messi, Cristiano Ronaldo e Neuer) e dos campeões mundiais Lahm e Tony Kroos não causa supresa alguma, a escolha da dupla de zaga do PSG provoca uma enxurrada de críticas.

O jornal francês L'Équipe afirma que Thiago Silva há muito tempo tem sido decepcionante em campo e o 4°lugar do Brasil na Copa, sob sua batuta de capitão, é a "ilustração mais flagrante" do seu desempenho, destaca o diário.

Já sobre David Luiz, que esteve em campo durante a humilhante derrota de 7 a 1 para a Alemanha, no Mineirão, o diário esportivo lembra que nos seis primeiros meses de 2014 ele atuou principalmente como volante defensivo no Chelsea, sob as ordens do português José Mourinho.

O jornal francês estabeleceu sua própria seleção dos 11 melhores jogadores do ano passado e na lista figura apenas um brasileiro: Neymar.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.