Acessar o conteúdo principal

Serena Williams bate Maria Sharapova e conquista sexto Aberto da Austrália

Serena Williams (à esquerda) e Maria Sharapova (à direita) exibem os troféus de campeã e vice do Aberto da Austrália de 2015.
Serena Williams (à esquerda) e Maria Sharapova (à direita) exibem os troféus de campeã e vice do Aberto da Austrália de 2015. REUTERS/Issei Kato

A americana Serena Williams, número 1 do ranking mundial de tênis feminino, venceu neste sábado (31) seu 19° torneio do grand slam ao ganhar o Aberto da Austrália da russa Maria Sharapova, número dois do ranking, por 6-3 e 7-6 (7/5). Este é o sexto título da americana em Melbourne (2003, 2005, 2007, 2009, 2010 e 2015).

Publicidade

Serena, de 33 anos, superou a marca de suas compatriotas Chris Evert e Martina Navratilova, que também conquistaram 19 títulos do grand slam em suas carreiras. Agora, faltam apenas três vitórias nessa categoria para Serena igualar o feito da alemã Steffi Graf, que coleciona 22 troféus.

Maria Sharapova não resistiu à força do serviço da rival americana, sua marca registrada, e perdeu pela 16ª vez consecutiva para Serena. "Poucas jogadoras conseguem manter o serviço com a força e a regularidade de Serena, buscando ângulos incríveis", comentou Sharapova após a derrota.

Feliz por mais um sucesso nas quadras, Serena disse que não se sentia em forma quando iniciou o torneio, há duas semanas. A americana teve um resfriado que alterou seu ritmo nas partidas. "Sinto que é realmente muito agradável ter vencido", declarou a campeã.

Serena afirmou que seu maior desafio nesse início de temporada será ganhar novamente o torneio de Roland Garros, em Paris, que só lhe deu dois troféus (2002 e 2013) no circuito do grand slam.

Amanhã, o britânico Andy Murray, número 6 mundial, e o sérvio Novak Djokovic, número 1 no ranking da ATP, disputam a final masculina simples do Aberto da Austrália.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.