Acessar o conteúdo principal
Futebol/Liga dos Campeões

Para treinador do Bayern de Munique, Messi está "em outra dimensão"

Pep Guardiola durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (11), em Munique.
Pep Guardiola durante coletiva de imprensa nesta segunda-feira (11), em Munique. Reuters / Michaela Rehle

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira (11), em Munique, na véspera do confronto decisivo contra o Barcelona pela semifinal da Liga dos Campeões, o treinador do Bayern de Munique, Pep Guardiola, mostrou um otimismo moderado sobre as chances do time alemão em superar o adversário. "Tudo pode acontecer no mundo do futebol", disse o técnico, alertando que "antes de tudo, teremos que nos defender muito bem". Guardiola voltou a elogiar o carrasco de seu time, Lionel Messi: "está em outra dimensão". 

Publicidade

A tarefa do Bayern de Munique é ingrata: golear o Barcelona para reverter a grande desvantagem pela derrota de 3 a 0 no jogo de ida, na semana passada, no estádio Camp Nou.

"Somos o Bayern de Munique. Nunca antes de uma partida pensamos que não temos chances", disparou o treinador. Mas o espanhol, que ganhou 14 títulos dos 19 possíveis quando foi treinador do Barcelona, sabe que o sucesso não virá sem um forte esquema defensivo.

"Conheço a mentalidade alemã de atacar, mas se cometermos um erro, o Barcelona vai nos fazer pagar caro. São os melhores no contra-ataque, demonstraram isso em cinco minutos", disse Guardiola. A referência é ao que aconteceu na semana passada, quando o argentino Lionel Messi liquidou a partida com dois gols, já no final do segundo tempo, e ainda ofereceu um belo passe para Neymar completar o placar.

Um gol do Barça no estádio Allianz Arena dificultaria a tarefa do Bayern, mas não seria fatal, no entender de Guardiola: "Se marcarem um gol, teremos que marcar cinco. Não vamos nunca baixar os braços, vamos dar tudo desde o primeiro minuto".

Messi em "outra dimensão"

Pep Guardiola voltou a elogiar seu ex-pupilo e maior responsável pela goledada do Barcelona, o argentino Lionel Messi. "É claro que temos muito respeito diante do Messi. Ele é diferente, está em outra dimensão", disse o treinador de 44 anos.

Na semana passada, na véspera do primeiro jogo entre as duas equipes, Guardiola disse que Messi era "imparável" em campo.

O espanhol, duplo vencedor da Liga dos Campeões (2009 e 2011) e da Bundesliga (2014 e 2015), entre outros títulos, refutou a ideia de que sua imagem poderia sair arranhada em caso de nova derrota no jogo de amanhã.

"Ganhar apenas para ser o melhor treinador é uma merda, desculpe o termo. Dei o máximo no Barcelona e tento fazer o mesmo aqui. Sou uma pessoa feliz, já conquistei tudo, é um sonho estar aqui e vamos fazer de tudo para ganhar, como fizemos em Barcelona", disse.

"Se ganhei tantos títulos é porque tive os melhores jogadores, e eles são a chave. Não quero ser um grande treinador para mim mesmo, quero ser um grande treinador para meus jogadores", completou.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.