Acessar o conteúdo principal
Ciclismo

Volta da França 2015 reúne pela primeira vez o “quarteto fantástico” do ciclismo mundial

Ciclistas amadores experimentam o trajeto que reunirá os profissionais a partir de hoje.
Ciclistas amadores experimentam o trajeto que reunirá os profissionais a partir de hoje. REUTERS/Benoit Tessier

A Volta da França dá a largada neste sábado, às 14h (horário local), em Utrecht, na Holanda, prometendo ser a edição mais competitiva do século 21 até aqui, a julgar pela quantidade inédita de campeões que estarão na disputa. A mais tradicional competição de ciclismo da Europa, que há 102 anos atrai atletas do mundo todo, contará pela primeira vez com um time dos sonhos, conhecido como “quarteto fantástico”, ciclistas que reúnem, somados, 12 títulos de grandes competições.

Publicidade

Farid Achache, enviado especial da RFI a Utrecht.

São eles o italiano e atual campeão Vicenzo Nibali, o britânico Christopher Froome, o espanhol Alberto Contador e o colombiano Nairo Quintana. Apesar do favoritismo, o vencedor de 2014 alerta “que não podemos esquecer as promessas como os franceses Romain Bardet e Thibaut Pinot”, principalmente nos primeiros dias, “muito difíceis e estressantes”, segundo Nibali.

No início da corrida, pelos Países Baixos e Bélgica, os ciclistas precisarão evitar as quedas, que são tradicionais na primeira semana. Ao chegar em território francês, na terça-feira (7), são as estradas de pedra de Paris-Roubaix que podem apresentar as principais armadilhas. No ano passado, Christopher Froome foi derrotado justamente nesta parte. Antes de vir a Utrecht, muitas equipes passaram pelas rotas de paralelepípedo para estudá-las. (confira o trajeto no final da páagina).

Como acontece todas as vezes em que a Volta da França tem sua largada fora do país, há um grande debate se a competição deveria ou não ultrapassar as fronteiras do hexágono. Mas aqui em Utrecht, na Holanda, a bicicleta é uma religião. Nas janelas, nas ruas, a cidade já está pintada com a cor do Tour de France, o amarelo. O espetáculo estará à altura do evento.

A primeira ciclovia de Utrecht foi construída em 1895 e, em 2010, a cidade também recebeu o Giro, a mais importante competição italiana de ciclismo, quando o vencedor foi o norte-americano Tyler Farrar.

Os primeiros 10 dias

A edição 102 da Volta da França terá sem dúvida um percurso interessante. Depois de uma semana de esforços intensos para se manter no tempo, os líderes deverão correr contra o relógio, no domingo dia 12, em um trecho de 28 quilômetros entre Vannes e Plumelec (9ª etapa).

“Depois de 10 dias, a corrida ficará mais clara, quando tivermos ultrapassado os paralelepípedos e as etapas expostas ao vento. O pelotão de frente será muito nervoso”, prevê Marc Madiot, o diretor da equipe Française de Jeux, time do francês Thibaut Pinot, que foi tercerio em 2014.

Depois do difícil domingo (12), o mundo da Volta da França faz uma pausa antes de recomeçar, nos Pirineus, em plena festa nacional do 14 de julho. Lá os ciclistas farão a primeira subida grande, em La-Pierre-Saint-Martin, um inédito aclive de 15 quilômetros.

O percurso da Volta da França 2015:

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.