Acessar o conteúdo principal
Futebol/Copa do Mundo

Brasil e Argentina tropeçam em estreia nas eliminatórias para Copa de 2018

Goleiro Jefferson não consegue defender chute do chileno Eduardo Vargas, que abriu o placar na vitória do Chile.
Goleiro Jefferson não consegue defender chute do chileno Eduardo Vargas, que abriu o placar na vitória do Chile. REUTERS/Ivan Alvarado

A seleção brasileira começou com uma derrota inédita sua campanha para o Mundial da Rússia. Ao perder da Chile por 2 a 0, em Santiago, a seleção de Dunga entra para a história como a primeira a perder na rodada de abertura das eliminatórias da Copa do Mundo.

Publicidade

A seleção de Dunga suportou a pressão dos chilenos até os 27 minutos do segundo tempo, quando Vargas abriu o placar aproveitando um cruzamento da direita. O segundo gol veio de uma jogada rápida e de uma bela troca de passes que terminou com o gol de Alexis Sánchez. David Luiz, que saiu de campo machucado, pode desfalcar o Brasil no jogo da próxima terça-feira contra a Venezuela, em Fortaleza.

A "Roja" pôs um fim a uma invencibilidade de 14 jogos do Brasil, desde o resultado de 3-0, em agosto de 2000. "Para mim, isso é muito bom, porque nunca tinha vencido o Brasil e ganhar de uma equipe com essa história é algo muito importante para mim e para o Chile", comemorou o técnico do Chile, o argentino Jorge Sampaoli.

O treinador Dunga lamentou a estreia com derrota e responsabilizou a falta de um jogador "decisivo" : "Ninguém gosta de perder. A partida foi equilibrada, controlamos bem e no segundo tempo tivemos vários contra-ataques, mas não tomamos as decisões corretas. No fim, tivemos duas ou três chances, mas faltou alguém para definir".

Quem também estreou com o pé esquerdo na competição foi a Argentina. Sem Messi, lesionado, a atual bi-campeã mundial foi surpreendida no estádio Monumental de Nuñez, em Buenos Aires, pelo Equador, que venceu por 2 a 0 com gols no segundo tempo. Além da derrota, a seleção pode não contar na próxima rodada com o atacante Sergio Aguero, que saiu lesionado de campo.

Outros resultados da primeira rodada das eliminatórias: a Colômbia venceu o Peru por 2 a 0, mesmo placar da vitória do Uruguai sobre a Bolívia, em La Paz. O Paraguai também venceu fora de casa, 1 a 0 contra a Venezuela.

Irlanda do Norte conquista vaga inédita

Na abertura da penúltima rodada das eliminatórias para a Eurocopa de 2016, mais duas seleções confirmaram vaga: Portugal, mesmo com uma atuação apagada de Cristiano Ronaldo, passou pela Dinamarca por 1 a 0 e ficou com uma das vagas do grupo I.

Pelo grupo F, a Irlanda do Norte levou ao delírio os 12 mil torcedores no estádio Windsor Park de Belfast ao se classificar pela primeira vez na história da Eurocopa com a vitória de 3 a 1 sobre a Grécia. A "North Iron", como é conhecida a seleção, entra como azarão na competição a ser disputada na França. Os gregos, que surpreenderam ao vencer a Eurocopa de 2014, seguem em sua descida para o inferno. É o lanterna da chave com apenas três pontos, sem nenhuma vitória em nove jogos.

Já a Alemanha decepcionou ao perder da Irlanda por 1 a 0 em Dublin e agora tem que esperar os resultados da última rodada do seu grupo D para confirmar sua participação na Eurocopa. A vaga estava bem perto perto até que o atacante polonês Robert Lewandowski estragou a festa alemã ao marcar o gol, nos últimos minutos, do empate de 2 a 2 da Polônia com a Escócia. Os poloneses e os irlandeses têm o mesmo número de pontos, 18, e se enfrentam na última rodada, como em uma verdadeira final, já que o vencedor fica com a vaga.

Nesta sexta-feira (9) mais nove jogos encerram a penúltima rodada das eliminatórias da Eurocopa.
 
(Com informações da AFP)

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.