Acessar o conteúdo principal
Futebol/Fifa/Uefa

Platini segue "confiante" apesar de tribunal manter sua suspensão

Platini recorreu ao TAS depois de ser suspenso pela Fifa.
Platini recorreu ao TAS depois de ser suspenso pela Fifa. REUTERS/Denis Balibouse

O Tribunal Arbitral do Esporte (TAS) decidiu manter nesta sexta-feira (11) a suspensão de 90 dias a qualquer atividade relacionada ao futebol para o francês Michel Platini, devido ao polêmico pagamento de € 1,8 milhão que recebeu de Joseph Blatter em 2011.

Publicidade

A decisão é um duro golpe para Platini em seu processo na justiça interna da Fifa, que pediu seu banimento do mundo do futebol. Blatter e Platini serão ouvidos na Comissão de Ética da Fifa nos dias 17 e 18 de dezembro, respectivamente. A federação promete emitir o veredicto final até o Natal.

Platini afirma que apesar da decisão do TAS, ele continua "confiante" na possibilidade de provar que não cometeu qualquer irregularidade.

TAS prefere aguardar decisão da Comissão de Ética da Fifa

O secretário-geral do TAS, Matthieu Reeb, explicou a motivação do tribunal: "Já que a Comissão de Ética da Fifa indicou que emitiria sua decisão até o fim do ano, então deixamos a entidade finalizar seu trabalho e esperamos sua decisão sobre a questão", afirmou. Por outro lado, o TAS pediu à Fifa que não prolongue a suspensão provisória de Platini além de 5 de janeiro. A Fifa tem, de fato, a possibilidade de prorrogar por 45 dias a primeira suspensão de três meses, pronunciada em 8 de outubro.

O TAS é o principal organismo jurídico do esporte. Segundo o texto do comunicado, "o TAS entendeu que a manutenção da suspensão provisória em curso não é suscetível de causar um dano irreparável a Michel Platini no momento". "Mesmo que a suspensão fosse imediatamente retirada, uma medida assim não daria nenhuma garantia a Michel Platini de que a comissão ad hoc da Fifa validaria sua candidatura para a eleição presidencial da Fifa antes de 5 de janeiro de 2016", destacou o TAS em seu texto.

Platini não participará de sorteio da Eurocopa

Com a decisão, Platini, presidente da Uefa, não poderá comandar no sábado (12) o sorteio dos grupos para a Eurocopa-2016 em Paris. O francês Bixente Lizarazu e o holandês Ruud Gullit serão os mestres de cerimônia do sorteio.

No dia 8 de outubro, Platini foi suspenso pela justiça interna da Fifa, que está investigando o pagamento de € 1,8 milhão que recebeu em 2011 da parte de Blatter, presidente demissionário da entidade, igualmente suspenso.

Platini, de 60 anos, cuja candidatura à presidência da Fifa está atualmente congelada por sua suspensão, joga o futuro de sua carreira de dirigente. Os juízes da Fifa solicitaram para o ex-jogador francês o banimento para sempre do futebol.

No caso de Blatter, sua ambição é permanecer na presidência da Fifa até o congresso que deve escolher o seu sucessor, programado para 26 de fevereiro.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.