Acessar o conteúdo principal

Atletas russos cada vez mais distantes dos Jogos do Rio-2016

O laboratório antidoping da Rússia, onde quase 1.500 amostras suspeitas de atletas russos teriam sido destruídas.
O laboratório antidoping da Rússia, onde quase 1.500 amostras suspeitas de atletas russos teriam sido destruídas. REUTERS/Sergei Karpukhin

O presidente da Associação Europeia de Atletismo, Svein Arne Hensen, declarou não acreditar que as reformas iniciadas pela Rússia, acusada de doping organizado, sejam suficientes para a retirada da suspensão que impediria ao país de participar nos Jogos do Rio-2016, segundo entrevista publicada nesta terça-feira (28). 

Publicidade

"Por enquanto, a Rússia precisa satisfazer as condições impostas, mas realmente eu não a vejo presente no Rio" para os Jogos Olímpicos, que serão disputados em agosto, declarou o dirigente ao site athleticsweekly.com.

A Federação Internacional (IAAF) anunciou em dezembro a exclusão dos atletas russos de todas as competições internacionais, após a publicação de uma relatório da Agência Mundial Antidoping (AMA), na qual foi desvendado um esquema de subornos a dirigentes federativos para esconder exames positivos de atletas russos.

Para levantar a suspensão, a IAAF impôs à Rússia uma série de condições a cumprir, entre elas uma lista com os atletas que poderiam competir nas próximas competições internacionais, mas sob atenção especial das autoridades. Nenhum atleta que não esteja inscrito na lista, a seis meses dos Jogos do Rio, poderá participar do evento. Uma comissão especial da IAAF supervisionará o cumprimento de todas as condições exigidas.

"Teremos o primeiro relatório da IAAF em março, mas, por enquanto, (os russos) terão realmente que fazer um esforço enorme para estar presentes no Rio. É preciso que ocorra uma mudança cultural" completou Arne Hansen, ex-presidente da Federação Norueguesa. "Estão trabalhando muito duro para melhorar. Foram impostas medidas muito duras, mas acredito que eles têm intenção de cumprir", concluiu.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.