Acessar o conteúdo principal
Futebol

Valcke é suspenso por Fifa a 12 anos de afastamento do futebol

Katibu mkuu wa FIFA Jerome Valcke katika mkutano na waandishi wa habari, Mei 30, 2015, Zurich.
Katibu mkuu wa FIFA Jerome Valcke katika mkutano na waandishi wa habari, Mei 30, 2015, Zurich. AFP/AFP/

Jérôme Valcke, ex-secretário-geral da Fifa, foi suspenso por 12 anos de todas as atividades ligadas ao futebol pela justiça da federação internacional, anunciou nesta sexta-feira (12) o órgão que administra o esporte no mundo todo.

Publicidade

O francês de 55 anos foi afastado de suas funções em 17 de setembro depois de um escândalo envolvendo a venda de ingressos para o Mundial-2014 no Brasil. Durante os preparativos da Copa, Valcke declarou que o Brasil deveria levar "um chute no traseiro" para acelerar as obras, o que causou mal estar e um pedido de desculpas.

A investigação realizada pela Fifa permitiu evidenciar "vários atos repreensíveis, ligados principalmente a um abuso de gastos em viagens", mas também à venda de direitos televisivos a terceiros. Valcke foi igualmente declarado culpado pela Câmara de Julgamento da Fifa por "destruição de provas".

A investigação conduzida por Cornel Borbely, presidente da Câmara de Investigação da Comissão de Ética da Fifa, foi aberta após a imprensa revelar o escândalo de revenda de ingressos no mercado negro para a Copa do Mundo do Brasil-2014.

Em meio às punições Fifa elege dirigente dia 26

O francês, que também foi diretor de marketing da Fifa, foi acusado pela imprensa em junho do ano passado de ter sido responsável por uma transferência de US$10 milhões ao polêmico Jack Warner, um dos ex-vice-presidentes da Fifa, atualmente banido definitivamente da entidade. Valcke negou as acusações.

A punição a Valcke se une às suspensões por oito anos do presidente demissionário da Fifa, Sepp Blatter, e do presidente da Uefa, Michel Platini. Os dois dirigentes recorreram da suspensão, o que será analisado pela Comissão de Recursos da Fifa nos dias 15 e 16 de fevereiro.

Em meio à tempestade judicial por suposta corrupção em grande escala, a Fifa elegerá o sucessor de Blatter em 26 de fevereiro, no Congresso Extraordinário da entidade.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.