Acessar o conteúdo principal
Futebol/PSG

Marquinhos e Lucas têm futuro incerto no PSG

Fotomontagem dos jogadores do Paris St Germain (PSG) Lucas e Marquinhos.
Fotomontagem dos jogadores do Paris St Germain (PSG) Lucas e Marquinhos. Reuters

A menos de um mês do término da temporada para o Paris Saint-Germain, os dois mais jovens brasileiros do time não sabem se estarão defendendo as cores do time parisiense a partir de agosto, quando termina a janela de transferências. Lucas e Marquinhos admitem que o futuro deles pode ser longe da capital francesa.

Publicidade

Desde a eliminação do PSG nas quartas de final da Liga dos Campeões da Europa, os ventos de mudanças sopram com mais força no centro de treinamento do líder inabalável do futebol francês. Os rumores persistentes do interesse do clube em trazer Neymar ou Cristiano Ronaldo para Paris agitam os bastidores do clube, que não esconde sua ambição de ficar entre os quatro melhores clubes da Europa.

A fracassada tentativa de passar às semifinais na atual Liga dos Campeões deixou mais uma vez evidente que o plantel atual é insuficiente para subir os degraus mais altos do pódio europeu. A eventual saída de Ibrahimovic (34 anos) deixaria o time sem uma estrela de primeira linha dentro e fora dos gramados. Mais do que isso, a chegada de um grande nome no ataque visa dar mais peso a um setor que o PSG tem mostrado debilidade, fora das fronteiras francesas.

Nessa busca pelo reforço ofensivo, Lucas pode não fazer mais parte dos planos do treinador Laurent Blanc. "Fico na expectativa para a próxima temporada, para a próxima 'janela'. No futebol é difícil afirmar alguma coisa. Acontecem várias surpresas e a gente tem que continuar trabalhando e ver o que vai acontecer", disse Lucas à RFI, logo após erguer o troféu de campeão da Copa da Liga.

Apesar de sua melhor temporada no clube desde que chegou em 2013 (41 jogos, 10 gols), o atacante de 23 anos sabe que pode perder espaço na grande reformulação que irá ser feita pela direção e pela comissão técnica. "Tenho contrato com o PSG, quero cumprir, mas tudo vai depender do clube, se vai querer contar comigo. A gente sabe que no futebol tudo pode acontecer, o amanhã só pertence a Deus. Quero ficar aqui e fazer minha história aqui, mas se o clube não quiser mais, terei que procurar outros ares", afirmou.

Marquinhos faz mistério

Já o zagueiro Marquinhos prefere fazer mistério sobre seu desejo de permanecer no clube francês. As recentes especulações sobre o interesse do Barcelona no brasileiro de 21 anos e as convocações de Dunga para a seleção deixaram o zagueiro cada vez menos confortável com a condição de "reserva de luxo" de Thiago Silva e de David Luiz.

"Como todo sabe, todo jogador quer estar em campo, disputando jogos importantes para a equipe, sendo importante para a equipe, e eu não sou diferente. Há três anos eu estou no PSG, progredi, cresci muito, joguei com grandes jogadores, campeões, pessoas que me passaram muito como jogador e como homem. Mas chega um momento em que tem que por os pés no chão, querer mais, estar progredindo e crescendo", disse.

O desconforto de Marquinhos cresceu com a decisão do treinador Blanc de não escalá-lo como titular para os jogos das quartas de final da Liga dos Campeões contra o Manchester City. Na ocasião, o técnico optou pela volta pelo lateral direito Serge Aurier, que ficou várias semanas afastado do elenco como punição pelas ofensas a colegas e ao próprio treinador em uma rede social.

Marquinhos foi titularizado ao lado de Thiago Silva na final da Copa da Liga no último sábado, em substituição a David Luiz, que, segundo a imprensa francesa, tem irritado a comissão técnica pelas performances recentes no gramado. Apesar desse sinal de confiança do treinador Blanc, Marquinhos, que tem se mostrado versátil ao jogar em diversas posições na defesa, vai esperar as próximas semanas para saber se o clube tem algo mais a lhe oferecer do que a reserva.

"Vamos ver como vai acabar a temporada e depois vamos discutir para ver se mereço, se tenho que ficar, se tenho que ir, tudo será discutido", garante. "No momento estou concentrado para acabar a temporada e depois veremos", completou.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.