Acessar o conteúdo principal
Futebol/Eurocopâ

País de Gales vence em estreia inédita e Rússia empata no final com Inglaterra

Ingleses saíram decepcionados  com o empate em 1 a 1 com a Rússia em sua estreia na Eurocopa.
Ingleses saíram decepcionados com o empate em 1 a 1 com a Rússia em sua estreia na Eurocopa. REUTERS/Yves Herman Livepic

A seleção do País de Gales é líder isolada do Grupo B da Eurocopa com sua vitória neste sábado (11) contra a Eslováquia na estreia das duas seleções na competição. A equipe de Gareth Bale foi beneficiada pelo empate de 1 a 1 entre Rússia e Inglaterra, jogo que também será lembrado pelas cenas de violência dos hooligans.

Publicidade

Tudo indicava que a seleção inglesa iria enfim pôr fim a uma verdadeira maldição de nunca ter vencido sua partida de estreia na Eurocopa.

Dominadores desde o início da partida, e com as melhores oportunidades de balançar as redes durante a partida no estádio Vélodrome de Marselha, os ingleses chegaram ao gol só na etapa final, aos 28 minutos. O meio-campista Eric Dier bateu com precisão uma falta na entrada da área e deixou a equipe treinada por Roy Hodgson perto da vitória.

O jogador Eric Dier (à frente) celebra o gol que garantiu vitória da Inglaterra sobre a Rússia na Eurocopa.
O jogador Eric Dier (à frente) celebra o gol que garantiu vitória da Inglaterra sobre a Rússia na Eurocopa. REUTERS/Eddie Keogh Livepic

Mas os russos, que passaram a maior parte do jogo na defensiva, conseguiram o gol de empate nos acréscimos da partida, com uma bela cabeçada do capitão Glushakov, que encobriu e surpreendeu o goleiro Joe Hart. Muita comemoração por parte dos russos com a conquista de um ponto precioso que parecia perdido.

A decepção era visível entre os jogadores ingleses que deixaram rapidamente o gramado após o resultado injusto pelo que apresentaram as duas equipes em campo. Com o resultado, a Inglaterra mantém uma triste tradição e agora acumula nove jogos de estreia sem vitórias na Eurocopa.

Violência fora do estádio

O confronto entre russos e ingleses também será lembrado pelas impressionantes cenas de violência antes do jogo nas ruas de Marselha. As autoridades francesas haviam classificado a partida como uma das cinco de maiores riscos devido à violência, preocupação que se confirmou durante os últimos dois dias com inúmeros incidentes. No entanto, neste sábado, a violência chegou ao extremo.

Os confrontos envolveram hooligans ingleses, russos e também franceses, além das forças de ordem. Os incidentes deixaram um saldo de 31 feridos que se encontram hospitalizados, segundo balanço da Secretaria de Segurança Pública da região.

Um inglês, em estado grave, entre a vida e a morte, teria recebido aparentemente golpes na cabeça com uma barra de ferro três horas antes do início da partida. Um policial tentou reanimá-lo no local, mas ele teve que ser transferido para o serviço de emergência. Outros três feridos se encontram em estado grave, segundo fontes policiais. Outras seis pessoas foram detidas para investigação.

País de Gales em festa

Um pouco antes, em um clima muito mais tranquilo nos arredores e dentro do estádio de Bordeaux, o País de Gales estreou com o pé direito em sua primeira participação na fase final da Eurocopa. Na quebra do jejum de 58 anos, o time galês derrotou por 2 a 1 outra estreante na competição, a Eslováquia.

Gareth Bale comemora seu gol, o primeiro do País de Gales na Eurocopa.
Gareth Bale comemora seu gol, o primeiro do País de Gales na Eurocopa. REUTERS/Regis Duvignau Livepic

Coube à grande estrela do time, o atacante Gareth Bale,e deixar seu nome na história da seleção ao inaugurar o placar e marcar o primeiro gol da equipe na competição. Aos 10 minutos, em uma bela cobrança de falta, Bale pegou o goleiro eslovaco Matus Kozacik no contrapé e abriu o marcador.

A Eslováquia empatou na etapa final, aos 6 minutos, com Ondrej Duda, ao tocar pela primeira vez na bola após entrada em jogo. A partida estava bastante equilibrada e outro reserva, Hal Robson-Kanu, marcou o gol da vitória dos britânicos logo depois de entrar no gramado.

Gareth Bale declarou após a partida ter vivido um "dia histórico". "É um momento memorável, inesquecível e histórico para nosso país", disse, eufórico. Atacante do Real Madrid, Bale minimizou o fato de ter sido o primeiro a marcar pela seleção na Euro. "O gol não tem muita importância, o que conta mesmo são os três pontos e a alegria que proporcionamos a nossos torcedores".

O resultado faz a equipe sonhar com uma vaga nas oitavas de final e enfrentar a Inglaterra no próximo jogo de maneira mais serena. Bale também recebeu muitos elogios de seus companheiros de equipe e do treinador. "Seu gol foi importante, mas observem seu trabalho defensivo, que foi também muito importante. É impressionante a paixão que ele mostra quando veste a camisa do País de Gales. Entendemos porque os torcedores o adoram", disse o técinco Chris Coleman.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.