Acessar o conteúdo principal
Rio 2016

Nos pênaltis, seleção feminina de futebol dá adeus ao sonho do ouro

Time brasileiro aplaude a torcida após a derrota para a Suécia.
Time brasileiro aplaude a torcida após a derrota para a Suécia. REUTERS/Bruno Kelly

Em jogo de ataque contra defesa, a seleção feminina de futebol do Brasil não conseguiu furar a retranca da Suécia com bola rolando, empatando em 0 a 0 no tempo regulamentar e prorrogação, antes de ser derrotadas nos pênaltis (4-3), nesta terça-feira (16), pelas semifinais dos Jogos Rio-2016.

Publicidade

Apesar do caloroso apoio de quase 70 mil torcedores que lotaram o Maracanã, as brasileiras encontraram pela frente uma ótima defesa sueca, que nas quartas de final foi capaz de segurar e eliminar a poderosa seleção dos Estados Unidos, e não conseguiram passar pela inspirada goleira Hedvig Lindahl.

Nas quartas de final contra a Austrália, a sorte esteve do lado do Brasil na cobrança de pênaltis. Mas, desta vez, Cristiane, que se recupera de lesão e entrou em campo na prorrogação, e Andressa desperdiçaram suas cobranças, defendidas por Lindahl, enquanto Bárbara só pegou um chute das suecas.

Na final, Alemanha ou Canadá

Com a derrota, as meninas do Brasil, medalhistas de prata em Atenas-2004 e Pequim-2008, veem o sonho da conquista do inédito ouro olímpico acabar, mas voltarão a campo nesta sexta-feira para disputar o bronze.

Já as suecas terão pela frente na grande final Alemanha ou Canadá, que se enfrentam ainda nesta terça-feira no Mineirão, pela outra semifinal.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.