link.skip.main

Cristiano Ronaldo é eleito melhor jogador do mundo pela Fifa

Cristiano Ronaldo eleito o melhor jogador do mundo de 2016 pela Fifa, durante cerimônia de entrega do prêmio em Zurique nesta segunda-feira, 9 de janeiro de 2017.
Cristiano Ronaldo eleito o melhor jogador do mundo de 2016 pela Fifa, durante cerimônia de entrega do prêmio em Zurique nesta segunda-feira, 9 de janeiro de 2017. REUTERS/Ruben Sprich

A cerimônia de premiação do The Best Fifa Awards aconteceu nesta segunda-feira (9), em Zurique, na Suíça.

block-ad.label

As tendências se confirmaram e o jogador português e atacante do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, foi eleito o melhor jogador do mundo de 2016 durante a premiação anual da Federação Internacional de Futebol, a Fifa, realizada na noite desta segunda-feira na cidade suíça.

Cristiano Ronaldo, três vezes vencedor da Bola de Ouro e campeão europeu com Real Madrid e Portugal, conquistou sem surpresas o prêmio. O atacante de 31 anos foi recompensado por comandar com muitos gols o Real Madrid e a seleção portuguesa durante a conquista dos títulos da Liga dos Campeões e da Eurocopa no ano passado.

"Que coisa linda, muito obrigado", agradeceu o sorridente CR7, vestindo terno azul. "Foi o melhor ano da minha carreira. Havia algumas dúvidas, mas esse prêmio mostra que as pessoas não são cegas, assistem futebol. Estou muito orgulhoso, preciso agradecer muito aos meus companheiros do Real Madrid e da seleção de Portugal", declarou ele.

O jogador português conquista assim pela primeira vez o prêmio "The Best" da Fifa, criado após a Bola de Ouro voltar a ser organizada somente pela France Football, após 10 anos de parceria com a Fifa. Em 12 de dezembro, CR7 já havia recebido o prêmio da revista francesa.

Os outros finalistas do prêmio eram o eterno rival de Cristiano Ronaldo, o argentino Lionel Messi, campeão espanhol com o Barcelona, e o francês Antoine Griezmann, finalista da Liga dos Campeões com o Atlético de Madri, e da Eurocopa com a França.

O técnico italiano Claudio Ranieri, campeão da Premier League com o modesto Leicester, foi eleito o melhor técnico de 2016. O italiano de 65 anos superou na eleição o francês Zinedine Zidane, campeão da Liga dos Campeões com o Real Madrid, e o português Fernando Santos, que venceu a Eurocopa com a seleção de Portugal.

Brasileiros ficam de fora, mas Falcão recebe homenagem

O meia do Corinthians, Marlone, que concorria ao Puskás, pelo gol marcado pelo Timão contra o Cobresal (CHI), na última edição da Taça Libertadores da América, não levou para casa desta vez o prêmio, que ficou com o jogador malaio Mohd Faiz Subri.

A jogadora americana Carli Lloyd foi escolhida como a melhor jogadora do mundo em 2016, durante a premiação. Lloyd venceu pela segunda vez consecutiva, superando a brasileira Marta e a alemã Melanie Behringer.

"Honestamente, eu não esperava. Melanie e Marta fizeram grandes jogos nas Olimpíadas. Só posso agradecer às minhas companheiras. Jogo com algumas das melhores jogadoras do mundo e sem elas eu não estaria aqui. Muito obrigado a quem votou e aos que me apoiam", falou a jogadora depois de receber o prêmio das mãos do ex-atacante argentino Gabriel Batistuta.

O craque brasileiro do futsal, Falcão, o maior artilheiro da história da seleção brasileira. recebeu o prêmio honorário da Fifa por sua carreira vitoriosa. "Quando a gente passa dos 30, as pessoas pensam que acabou, mas eu tenho 39 e sei que tudo o que fiz até aqui valeu a pena. Hoje eu recebo esse prêmio e estou aqui, comprometido com o esporte", declarou o ala brasileiro. "Entrei aqui com o respeito de todo mundo do futebol, de grandes jogadores. Estou orgulhoso de estar aqui e quero agradecer pelo carinho de todos que estiveram com o futebol brasileiro depois da tragédia com a Chapecoense", concluiu emocionado. O prêmio foi entregue pelo ex-atacante ucraniano Andriy Shevchenko.

O Atlético Nacional, time colombiano que pediu que o título da Copa Sul-americana fosse entregue à Chapecoense depois da queda do avião da equipe em novembro, recebeu o prêmio "Fair-play" (jogo limpo) da Fifa, ainda durante a cerimônia.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.