Acessar o conteúdo principal
Reino Unido/Emiliano Sala

Polícia britânica detém suspeito de homicídio culposo na morte de Emiliano Sala

O jogador argentino Emiliano Sala morreu em um acidente aéreo, em 21 de janeiro de 2019.
O jogador argentino Emiliano Sala morreu em um acidente aéreo, em 21 de janeiro de 2019. REUTERS/Stephane Mahe

Um inglês, de 64 anos, é supeito de homicídio culposo no caso da morte do jogador argentino Emiliano Sala. Ele foi detido nesta quarta-feira para interrogatório (19), anunciou a polícia britânica.

Publicidade

O suspeito foi liberado após a detenção provisória e coopera com os investigadores, informou em comunicado a polícia de Dorset, no sul da Inglaterra. Os investigadores se recusaram a dar mais informações sobre a identidade desta pessoa ou revelações sobre seu envolvimento no acidente que provocou a morte do jogador.

O inspetor Simon Huxter pediu no texto divulgado que se evite toda "especulação que causaria angústia suplementar às famílias" das vítimas. Ele alertou que isso "poderia potencialmente obstruir a investigação", que segue "em andamento.

Acidente de avião

O jogador argentino de 28 anos morreu em 21 de janeiro em um acidente de avião, no Canal da Mancha, poucos dias depois de sua transferência do Nantes francês para o Cardiff galês. A aeronave só foi localizada vários dias depois e corpo de Sala foi recuperado em 7 de fevereiro. O piloto David Ibbotson, de 59 anos, não foi encontrado.

Em fevereiro, o Escritório Britânico de Investigação sobre Acidentes Aéreos (AAIB) estabeleceu que o avião que transportava Emiliano Sala não tinha autorização para realizar voos comerciais.

Segundo informações da BBC, o piloto não estava habilitado para voar à noite por ser daltônico. Questionada pela AFP, a Autoridade Britânica de Aviação Civil (CAA) não confirmou esta informação, afirmando unicamente que "a investigação da AAIB está em andamento".

Fotos do cadáver de Sala nas redes sociais

Ainda segundo a imprensa britânica, duas pessoas suspeitas de ter divulgado nas redes sociais fotos do cadáver resgatado de Emiliano Sala terão que comparecer perante a justiça em 10 de julho.

Sherry Bray, 48 anos, é acusada de crime de informática, obstrução da justiça e de enviar mensagem indecente ou ofensiva. Christopher Ashford, 62 anos, é acusado de crime de informática. A polícia não informou como os suspeitos tiveram acesso à imagens divulgadas.

O corpo jogador foi repatriado para a Argentina em fevereiro. Parentes, amigos, vizinhos, representantes do Nantes e do Bordeaux, seu ex-clube, e do Cardiff compareceram ao funeral em Progresso, vilarejo de 3.000 habitantes que o viu crescer.

O pai de Sala, Horácio, faleceu em final de abril vítima de um ataque cardíaco em casa, aos 58 anos.

(Com informações da AFP)

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.