Acessar o conteúdo principal

Le Parisien revela que Neymar confirmou desejo de deixar PSG em conversa com Leonardo

Destaque na imprensa para a volta de Neymar ao PSG, na segunda-feira, 15 de julho de 2019.
Destaque na imprensa para a volta de Neymar ao PSG, na segunda-feira, 15 de julho de 2019. Fotomontagem RFI

O jogador brasileiro Neymar continua no foco da imprensa francesa. O jornal Le Parisien desta terça-feira (16) publica uma grande matéria sobre a volta do atacante ao PSG após suas férias e o grande mistério sobre a permanência ou não do craque em Paris, após reunião com o diretor esportivo do clube, Leonardo.

Publicidade

"Neymar em Paris, mas com a cabeça em outro lugar" é a manchete de matéria do Le Parisien. O jornal destaca que o jogador retornou ao centro de treinamento do PSG na segunda-feira (15), onde realizou testes físicos. O diário também tem informações exclusivas sobre o encontro do atacante com o diretor esportivo do clube, Leonardo, a quem Neymar teria repetido e deixado claro seu desejo de deixar o time.

"A novela Neymar" é como o Le Parisien chama a trama envolvendo o jogador brasileiro. Segundo o diário, Leonardo não deixou passar em branco a demora do craque de voltar ao PSG após as férias. E, sempre "cordial, mas direto", afirma o texto, o diretor esportivo teria explicado que o atraso do craque para voltar a capital francesa será alvo de sanções disciplinares.

O assunto mais importante envolvendo o atacante - sua permanência ou não no PSG - também foi abordado, garante o jornal. "Segundo seu entorno, Neymar repetiu claramente diante de Leonardo seu desejo de ir embora ainda neste verão, mas sem mencionar precisamente o Barcelona", publica Le Parisien. O jornal destaca que essa vontade de Neymar já dura meses e aumentou nos últimos dias.

Barça quer "repatriar" Neymar

Como o próprio Leonardo já afirmou em entrevista exclusiva ao Le Parisien, na semana passada, tudo está nas mãos do Barcelona. Segundo próximos de Neymar, o clube catalão tem um forte interesse em "repatriar" o jogador. O principal problema é o dinheiro, já que, para o jornal, é impossível que o Barça reúna toda a fortuna necessária para levar o craque brasileiro sem, ao menos, ceder dois de seus atletas.

Do lado de Neymar, a questão é vista de forma descomplexada. Em entrevista anônima ao Le Parisien, uma fonte declarou que Neymar não teria a intenção de travar uma queda de braço com o PSG e acredita que o clube trabalha dentro da filosofia de um empregador. Já sobre a ida ao Barcelona, uma pessoa próxima do brasileiro demonstra otimismo, afirmando que o processo seria "complicado, mas não impossível".

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.