Acessar o conteúdo principal
Grécia/economia

Europeus próximos de um acordo para liberar mais dinheiro à Grécia

REUTERS/Yves Herman

Há boas possibilidades de conclusão de um acordo ainda nesta terça-feira para liberar nova parcela de ajuda financeira à Grécia, declarou o presidente do Eurogrupo, Jean-Claude Juncker na chegada a uma reunião dos ministros de Economia, em Bruxelas. “A Grécia fez o que tinha de ser feito. Há boas chances de se chegar a um acordo”, disse Juncker.

Publicidade

A mensagem otimista de Juncker foi divulgada horas depois de a Grécia rejeitar um pedido de última hora do Fundo Monetário Internacional para acelerar os cortes no funcionalismo público.

Segundo o ministério grego das Finanças, o FMI pediu a Atenas quase dobrar o número de supressão de postos de trabalho previstos até 2014 no setor público. Além dos 27 mil já previstos para o período, o Fundo sugeriu cortes de mais 22 mil funcionários.

O plano de ajustes orçamentário para os próximos 4 anos, exigido pelos credores do país – União Européia e FMI - , e aprovado pelo parlamento grego, prevê a redução de até 125 mil funcionários públicos até 2016.

As supressões de empregos, que devem começar este ano nas prefeituras, provocaram críticas de centrais de trabalhadores que convocaram uma greve para esta terça-feira, em protesto. Desde a semana passada, diversas prefeituras foram ocupadas por manifestantes contrários ao plano de demissão.

O pedido de mais cortes do FMI foi feito horas antes de uma reunião crucial em Bruxelas, onde os ministros das Finanças da zona do euro devem dar o sinal verde para o depósito de uma nova parcela da ajuda financeira destinada à Grécia. A transferência estava prevista para junho mas foi suspensa para que fossem concluídas novas negociações para reduzir o déficit público do país.

Na segunda-feira, o ministro grego das Finanças, Yannis Stournaras, disse que a Grécia tinha cumprido todas os seus compromissos e estava à espera de uma decisão favorável de seus parceiros europeus.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.