Acessar o conteúdo principal
Espanha/Crise

Milhares de manifestantes defendem unidade espanhola em Madri e Barcelona

Milhares de pessoas protestaram nesta quinta-feira (6) em Madri em defesa da unidade da Espanha.
Milhares de pessoas protestaram nesta quinta-feira (6) em Madri em defesa da unidade da Espanha. REUTERS/Susana

Milhares de pessoas participaram de manifestações nesta quinta-feira em Madri e Barcelona para defender a unidade espanhola nesse período de tensões entre o governo central e o governo regional da Catalunha, cujo presidente, Artur Mas, prometeu um referendo sobre a autodeterminação.

Publicidade

Em Madri, milhares de pessoas se reuniram na célebre praça de Colón com o slogan "A Espanha somos nós todos". Elas defendem a unidade espanhola e criticam a ação dos "movimentos secessionistas".

Sob uma imensa bandeira espanhola, os manifestantes, convocados pela Fundação para a Defesa da Nação Espanhola, agitaram bandeiras espanholas e catalãs, gritando "Viva a Espanha".

"A unidade da Espanha é a melhor garantia de seu pluralismo interior, base da solidariedade entre os cidadãos e entre suas diferentes regiões, e princípio original das liberdades de que gozamos", diz o manifesto lido por uma das organizadoras do evento.

Os manifestantes aplaudiram muito o hino espanhol, interpretado com uma letra escrita especialmente para a ocasião.

Milhares de pessoas também manifestaram nas ruas de Barcelona com o mesmo slogan, "A Espanha somos nós todos".

Convocados pelo Movimento Cívico da Espanha e dos Catalães, os manifestantes desfilaram no centro da cidade, brandindo cartazes onde se podia ler "Por uma Constituição de Todos" ou ainda "A Catalunha com a Constituição", assim como bandeiras espanholas e catalãs.

Eles também gritavam "Viva a Espanha" e "Artur Mas, demissão", em referência ao presidente da região.

Essas mobilizações acontecem após várias semanas de tensões entre Madri e o governo catalão, cujo líder, Artur Mas, anunciou sua intenção de organizar um referendo sobre a autodeterminação.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.