Acessar o conteúdo principal
Espanha/Catalunha

Corrente humana pede referendo pela independência da Catalunha

Milhares de moradores da Catalunha foram as ruas nesta quarta-feira, 11/09/2013, pedir a realização de um referendo pela independência da região espanhola
Milhares de moradores da Catalunha foram as ruas nesta quarta-feira, 11/09/2013, pedir a realização de um referendo pela independência da região espanhola Reuters

Milhares de moradores da Catalunha se reuniram nesta quarta-feira, 11 de setembro de 2013, nas ruas da região nordeste da Espanha. O objetivo é formar uma corrente humana de 400 quilômetros para apoiar o projeto de um referendo sobre a independência da rica região industrial espanhola.

Publicidade

A Assembleia Nacional catalã batizou a corrente como "estrada catalã rumo à independência". Ela deve unir os moradores da região dos Pirineus, ao norte, até a fronteira com Valência ao sul, passando por Barcelona. Vestidos com camisetas amarelas os participantes vão dar as mãos às 5h14 da tarde, no horário local, em referência ao 11 de setembro de 1714, data em que Barcelona foi tomada pelas tropas franco-espanholas.

A recessão espanhola e os cortes de despesas decididos pelo governo central para reequilibrar as contas públicas reascenderam os projetos de independência da região que representa 50% da economia do país. A ideia vem ganhando terreno nos últimos anos. Pesquisas de opinião indicam que a maioria da população catalã é favorável a realização de um referendo sobre a questão. Os manifestantes exigem que o governo fixe uma data para a consulta popular.

O fortalecimento do movimento separatista catalão amplia a lista de problemas enfrentados pelo governo espanhol do conservador Mariano Rajoy. Além das medidas econômicas impopulares que visam reequilibrar as finanças do país, o partido do primeiro-ministro, o Partido Popular, está envolvido em um grande escândalo de corrupção.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.