Acessar o conteúdo principal
Rússia/Acidente

Avião que caiu ontem na Rússia já havia sofrido acidente no Brasil

Restos do Boeing 737-500 que explodiu ao pousar no aeroporto da cidade de Kazan, fazendo 50 vítimas.
Restos do Boeing 737-500 que explodiu ao pousar no aeroporto da cidade de Kazan, fazendo 50 vítimas. Reuters

O Boeing 737 que caiu na noite deste domingo na Rússia matando as 50 pessoas que estavam a bordo já tinha sofrido um acidente grave no Brasil em 2001, quando pertencia à companhia Rio Sul. No acidente, o Boeing 737-500 transportava 108 pessoas.

Publicidade

O avião tocou o solo antes da pista e no impacto, subiu e acabou derrapando violentamente, quebrando parte do trem de aterrisagem. Ele se inclinou sobre o reator situado na asa esquerda e percorreu uma distância de cerca de 1, 7 quilômetro antes de parar. Não houve vítimas. A aeronave passou por vários consertos antes de voltar a voar.

A aeronave foi explorada durante 23 anos por um total de sete companhias. O Boeing realizou seu primeiro voo em 1990 pela companhia francesa Euralair Horizons, depois foi comprada pela Air France. A aeronave passou 5 anos nas mãos da Uganda Airlines antes de ser vendida pela Rio Sul. Na seqüência, foi adquirida pela romena Blue Air antes e depois pela Bulgária Airlines antes de ser comprada por leasing pela companhia aérea russa Tatarstan.

As causas do acidente ainda estão sendo investigadas mas as duas maiores suspeitas são de erro de pilotagem ou falha técnica. Depois de três tentativas de pouso, o avião vindo de Moscou caiu na pista do aeroporto de Kazan e se transformou numa bola de fogo. Os bombeiros controlaram o incêndio, mas não evitaram as mortes dos 44 passageiros e 6 tripulantes.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.