Acessar o conteúdo principal
Espaço/Europa

Robô Philae conseguiu transmitir dados de cometa antes de entrar em modo repouso

Philae está sobre a superfície rochosa do cometa desde quarta-feira.
Philae está sobre a superfície rochosa do cometa desde quarta-feira. ESA/Rosetta/Philae/CIVA

Antes de entrar em modo repouso, para economizar bateria, o robô Philae, que desde quarta-feira (12) explora a superfície do cometa Tchouri, conseguiu enviar, na madrugada deste sábado (15), todos os dados obtidos com a perfuração do solo.

Publicidade

“Recebemos tudo. Aconteceu exatamente como previsto. Conseguimos até mesmo fazer uma rotação para que ele receba mais luz sobre os painéis solares”, celebrou o diretor científico do robô, Jean-Pierre Bibring, em Colônia, na Alemanha.

Philae agora se encontra em modo “de espera” (stand by). “Terminamos esta primeira fase absolutamente fabulosa e nada se aproxima daquilo que esperávamos. Isso nos dá ainda mais vontade de continuar a explorar”, disse Bibring.

O diretor científico da operação ainda disse que os dados recebidos mostram cada vez mais informações diferentes do que era esperado, mas não deu mais detalhes sobre as descobertas. A Agência Espacial Europeia ainda disse que tem esperanças de manter o robô em funcionamento até que os painéis solares consigam carregar o suficiente. Para isso, é preciso que o cometa se aproxime mais do sol.

Esperando pelo sol

O fim desta primeira sequência científica corresponde ao tempo exato que era previsto de duração da bateria de Philae. A continuação dos trabalhos deveria ser garantida, mesmo que com uma potência reduzida, pelas baterias solares. Mas o local em que o robô pousou no cometa não recebe tanta luz quanto era esperado. Por enquanto, a pouca energia recebida será o suficiente para manter Philae no modo repouso.

Inicialmente, a equipe de cientistas esperava que Philae funcionasse, ainda que mais lentamente, até março de 2015 e, depois, entrasse em um “período de hibernação”. Com o problema na energia identificado nesta sexta-feira, essa pausa na atividade do robô teve que começar mais cedo que o previsto.

O robô tem a missão de encontrar moléculas orgânicas no centro do cometa Tchouri. Essas amostras poderiam ter tido um papel no surgimento da vida na Terra, já que os cometas são considerados os objetos mais primitivos do sistema solar.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.