Acessar o conteúdo principal
Migrantes/Mediterrâneo

Cerca de 4,5 mil migrantes resgatados em 30 operações no Mediterrâneo

Missão de resgate em 23 de junho de 2016, na costa líbia do Mediterrâneo.
Missão de resgate em 23 de junho de 2016, na costa líbia do Mediterrâneo. REUTERS/Darrin Zammit Lupi

Cerca de 4.500 migrantes foram resgatados nesta terça-feira (5) em aproximadamente 30 operações no canal da Sicília, anunciou a Guarda Costeira italiana, que coordena as operações no mar Mediterrâneo.

Publicidade

O "Diciotti", único navio da Guarda Costeira, resgatou em torno de 1,1 mil pessoas que se encontravam em uma embarcação de madeira e em cinco botes infláveis. A embarcação de madeira transportava 435 imigrantes, entre eles 124 mulheres e 18 menores de idade, afirmou o resgate.

Paralelamente, quatro navios da Marinha ajudaram mais de 900 imigrantes e o restante foi auxiliado por vários barcos de organizações humanitárias, da agência europeia de fronteiras Frontex e por navios da operação conjunta contra o tráfico de seres humanos "Sophia", que patrulham a costa líbia.

Desde 2014, mais de dez mil perderam a vida no Mediterrâneo

Nos seis primeiros meses de 2015, a Itália registrou a chegada de 71.092 imigrantes, chegando a um total de 153.000 no ano passado. No mesmo período de 2014, o número foi de 66.074, acumulando 170.000 ao longo do ano.

Desde 2014, mais de 10.000 pessoas perderam a vida no Mediterrâneo, tentando chegar à Europa. No primeiro semestre de 2016, 2.800 pessoas morreram, informou o Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (Acnur), no início de junho.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.