Acessar o conteúdo principal
Grécia

Grécia anuncia ajuda de € 617 milhões aos aposentados

O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, restabeleceu o 13° aos aposentados que recebem pensões muito baixas.
O primeiro-ministro grego, Alexis Tsipras, restabeleceu o 13° aos aposentados que recebem pensões muito baixas. REUTERS/Michalis Karagiannis

O primeiro-ministro da Grécia, Alexis Tsipras, anunciou nesta quinta-feira (8) uma ajuda excepcional aos aposentados de baixa renda, apesar do aperto orçamentário imposto pelos credores do país. O pacote tem o valor total de € 617 milhões.

Publicidade

Os aposentados gregos que recebem pensões inferiores a € 850 receberão o 13° este ano. Segundo Tsipras, a medida tornou-se viável graças ao superávit primário de 1,1% do PIB este ano. O resultado superou as expectativas dos credores, que exigiam 0,5%. Serão beneficiados pela medida 1,6 milhão de aposentados.

"Fiéis de nosso engajamento de apoiar os mais fracos, decidimos distribuir imediatamente o essencial do excedente das receitas de 2016", declarou o primeiro-ministro em cadeia de rádio e televisão.

Ilhas gregas serão poupadas de aumento de impostos

Tsipras anunciou a medida após mais um dia de greve geral contra a política de austeridade aplicada pelo governo da esquerda radical. O premiê, líder do partido Syriza, também anunciou ajuda financeira às ilhas gregas do norte do Mar Egeu, que têm recebido milhares de migrantes. Elas serão poupadas do aumento da TVA, o imposto sobre valor agregado cobrado na venda de bens e serviços.

O líder grego elogiou a decisão dos países da zona do euro, de reduzir o peso da dívida de Atenas a curto prazo. O enorme sacrifício imposto aos gregos nos últimos anos começa a dar resultados. A Grécia espera fechar 2017 com um superávit de 2% do PIB, descontados os juros.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.