Acessar o conteúdo principal
Europa/Galileo

Europa lança sistema de navegação por satélites

Dezessete anos e mais de 10 bilhões de euros depois, a Europa lançará, nesta quinta-feira, seu sistema de navegação, o Galileo, com o qual pretende competir com o americano GPS.
Dezessete anos e mais de 10 bilhões de euros depois, a Europa lançará, nesta quinta-feira, seu sistema de navegação, o Galileo, com o qual pretende competir com o americano GPS. Pixabay

A Europa lançou nesta quinta-feira (15) seu sistema de navegação por satélites, Galileo, durante uma cerimônia oficial em Bruxelas.

Publicidade

Na prática, apenas alguns sortudos que possuem o único smartphone compatível com o Galileo, o aparelho Aquarius X5 Plus, da marca espanhola BQ, poderão captar o sinal a partir de hoje. Os usuários poderão utilizar gratuitamente o sistema para achar uma farmácia, ou trajeto nas estradas durante as férias.

“Nenhum país poderia ter feito isso sozinho”, declarou a comissária europeia para a indústria, Elzbieta Bienkowska.”Esse é o resultado de um esforço comum para conceber e construir o sistema de navegação mais preciso do mundo”, disse. Os Estados Unidos, a Rússia e a China já adotaram sistemas semelhantes.

Existe um número cada vez maior de objetos conectados que utilizam os satélites, como o patch que permite a geolocalização dos pacientes que sofrem da doença d’Alzheimer ou o obstáculo que ajuda o motorista a encontrar sua vaga no estacionamento.

Sistema só vai estar completamente operacional em 2020

Ainda vai demorar para que a nova tecnologia esteja disponível para um número maior de aparelhos, diz a comissão. Até 2020, o sinal não estará disponível o tempo todo. Nesta data, cerca de 30 satélites estarão em órbita, para aumentar a precisão do sistema no globo.

Como o Galielo é compatível com o GPS, o usuário poderá acessar os dois sistemas simultaneamente e melhorar a qualidade e confiança de sua posição. O programa Galileo é dotado de um orçamento de € 10 milhões, lançado em 1999 pela União Europeia.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.