Acessar o conteúdo principal

UE aprova prorrogação do controle de fronteiras internas

Controle na fronteira da Suécia
Controle na fronteira da Suécia REUTERS/Johan Nilsson/TT NEWS AGENCY ATTENTION EDITORS

A União Europeia (UE) aprovou nesta terça-feira (7) a prorrogação por três meses do controle de algumas fronteiras internas do espaço de livre circulação europeu Schengen. O controle foi adotado em 2015, devido à  crise migratória.

Publicidade

O Conselho da UE, que representa os 28 países do bloco, aprovou a proposta de janeiro da Comissão Europeia de prolongar o controle até maio, apesar do objetivo inicial de suspender a medida no fim de 2016.

Apenas 22 países do bloco integram o Schengen, que conta também com Noruega, Islândia, Suíça e Liechtenstein. Entre as nações que ainda mantêm controles estão Áustria, Alemanha, Dinamarca, Suécia e Noruega.

Em janeiro, o Executivo comunitário advertiu que as medidas excepcionais não poderiam ser prorrogadas indefinidamente, já que exigem "condições estritas e devem ser usadas apenas como último recurso".

A Alemanha já anunciou a intenção de justificar o uso de controles no futuro com o temor de atentados, como já faz a França, e não por motivos migratórios.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.