Acessar o conteúdo principal
Grécia, Crise migratória, Protesto

Refugiados sírios protestam com greve de fome na Grécia

Refugiados sírios protestam em frente ao Parlamento grego, em Atenas.
Refugiados sírios protestam em frente ao Parlamento grego, em Atenas. REUTERS/Alkis Konstantinidis

Dezenas de manifestantes reunidos em frente ao parlamento grego nesta quarta-feira (1°), em Atenas, declararam greve de fome em protesto contra a lentidão dos processos de reagrupamento familiar.

Publicidade

Os refugiados, principalmente mulheres e crianças sírias, dizem que passaram mais de seis meses - o tempo máximo permitido pela lei europeia - esperando para serem transferidos para junto de suas famílias na Alemanha.

De acordo com a mídia grega, Atenas e Berlim concordaram informalmente em freiar os processos de reagrupamento familiar em maio, apesar do governo grego desmentir o acordo, afirmando que o número de transferências aumentou 27% este ano.

Fluxo migratório aumentou desde agosto

Paralelamente, o ministro grego de política migratória, Yanis Mouzalas, reconheceu na quarta-feira (1°), as grandes dificuldades enfrentadas pelos refugiados que vivem nas ilhas do Egeu, principalmente com a chegada do inverno.

Mouzalas também afirmou que o fluxo migratório aumentou novamente desde agosto, com 5.000 refugiados registrados em setembro, 35% a mais que no ano passado. Os recém-chegados, vindos especialmente da Síria, Iraque e Afeganistão, fizeram piorar a situação dos campos de refugiados gregos. Na ilha de Lesbos, por exemplo, 5.000 pessoas vivem em um campo com capacidade para 2.200.

A situação é especialmente difícil, já que autoridades locais são contra a construção de novos campos e os apartamentos colocados à disposição dos refugiados não dão conta do número de pessoas sem moradia.  

De acordo com Mouzalas, o governo grego está em negociações com autoridades locais para transferir os migrantes e refugiados para quartos de hotel e para aumentar a capacidade de algumas instalações.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.