Acessar o conteúdo principal
Reino Unido/ataque

Atropelamento de pedestres em frente ao Parlamento em Londres é investigado como ataque terrorista

Ataque em frente ao Parlamento em Londres é investigado como ataque terrorista
Ataque em frente ao Parlamento em Londres é investigado como ataque terrorista (Foto: Reuters)

A polícia ainda não confirmou se o ataque, ocorrido nesta terça-feira (14), tem motivação terrorista, mas o motorista parece ter agido voluntariamente e foi preso. Vários pedestres ficaram feridos, mas nenhuma vítima corre risco de vida, segundo as autoridades britânicas.

Publicidade

O incidente aconteceu por volta das 7h30 no horário local. Um carro bateu contra as barreiras de segurança que controlam o acesso ao Parlamento britânico, em Westminster, no centro da cidade. Segundo a polícia, a divisão contraterrorista está no comando da investigação do caso. As sessões parlamentares também foram adiadas, segundo a imprensa britânica.

O local está cercado por carros de polícia, ambulâncias e bombeiros. Dois ciclistas foram atingidos e hospitalizados, mas sem ferimentos graves.

A estação de metrô de Westminster foi fechada. Um perímetro de segurança foi criado em torno de Millbank, Parliament Square e Victoria Tower Gardens. Imagens divulgadas nas redes sociais mostram um homem, vestido com um calça jeans e uma blusa preta, descer do veículo cinza e ser algemado pelos policiais.

“Eu estava andando do outro lado da rua quando ouvi um barulho e alguém gritando. Virei e um carro cinza avançou rapidamente em direção às barreiras de segurança e na calçada”, disse Ewalina Ochab, uma testemunha que estava no local. “O motorista não saiu do carro”.

Onda de atentados

O Reino Unido foi atingido em 2017 por uma onda de atentados terroristas. Quatro deles foram reivindicados pelo grupo Estado Islâmico, que deixou no total 36 mortos e 200 feridos. Um deles ocorreu na ponte de Westminster e diante do Parlamento.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.