Acessar o conteúdo principal
XR/Paris

Extinction Rebellion bloqueia acesso à Assembleia Nacional, em Paris

Os ecologistas do Extinction Rebellion diante da Assembleia Nacional, em Paris, neste sábado (12).
Os ecologistas do Extinction Rebellion diante da Assembleia Nacional, em Paris, neste sábado (12). Martin BUREAU / AFP

Militantes do movimento ecologista Extinction Rebellion (XR) bloquearam acesso à Assembleia Nacional, em Paris, neste sábado (12). A polícia holandesa anunciou a detenção de 130 ativistas do durante o bloqueio a uma ponte em Amsterdã.

Publicidade

As forças de ordem retiraram um a um dezenas de manifestantes que bloqueavam o acesso à Assembleia Nacional, no centro de Paris, neste sábado pela manhã.

Depois de cinco dias fazendo barricadas pacíficas na área do Chatelet, os ativistas se concentraram perto da praça da Concorde para alertar sobre a urgência ecológica. Os ativistas participam de uma iniciativa mundial de desobediência civil para reivindicar medidas contra o aquecimento global. As adesões aumentam a cada dia pelo globo.

Ponte interditada

Em Amsterdã, as autoridades prenderam manifestantes no centro da cidade.

"A polícia fez, até agora, 130 detenções na ponte Blauwbrug", no centro da capital, declarou a corporação em sua conta no Twitter.

Dezenas de pessoas estavam reunidas ali por volta das 9h (4h em Brasília), segundo veículos locais.

O bloqueio da ponte, que liga as principais vias do centro de Amsterdã, não estava autorizado pelas autoridades.

Mudanças drásticas

Várias ações já foram realizadas em várias capitais mundiais nos últimos dias, no âmbito de uma mobilização mundial convocada pelo XR. O movimento surgiu há um ano, no Reino Unido, para exigir dos governos medidas drásticas contra a mudança climática.

Em Amsterdã, os ativistas deste movimento multiplicaram suas ações esta semana. Na segunda-feira, cerca de 80 pessoas já haviam sido detidas em uma concentração do lado de fora do Museu Rijksmuseum.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.