Acessar o conteúdo principal
Vietnã/UE

Vietnã prende mais oito suspeitos no caso dos 39 migrantes mortos em caminhão perto de Londres

Polícia britânica faz perícia no caminhão frigorífero que transportava os 39 migrantes mortos.
Polícia britânica faz perícia no caminhão frigorífero que transportava os 39 migrantes mortos. REUTERS/Peter Nicholls

A polícia do Vietnã anunciou a detenção de oito suspeitos de envolvimento na morte de 39 pessoas, provavelmente migrantes vietnamitas, encontradas em um caminhão frigorífico em 23 de outubro no Reino Unido.

Publicidade

Segundo autoridades da província de Nghe An (centro), de onde seriam procedentes a maioria das vítimas, os suspeitos detidos nesta segunda-feira (4) estariam envolvidos com redes de traficantes. Na semana passada, dois vietnamitas já haviam sido detidos.

A descoberta dos cadáveres provocou uma onda de indignação internacional e revelou as redes de imigração clandestina atuantes entre o Vietnã e a Europa. Os corpos dos 39 migrantes – 31 homens e oito mulheres – foram encontrados em uma zona industrial de Grays, a 30 km de Londres. Até o momento a polícia não divulgou informações sobre as causas exatas das mortes.

No Reino Unido, o motorista do caminhão frigorífico, nascido na Irlanda do Norte, foi indiciado por homicídio culposo, lavagem de dinheiro e conspiração para favorecer a imigração ilegal. Outro norte-irlandês supostamente envolvido no caso compareceu ao Alto Tribunal de Justiça da Irlanda para ser extraditado ao Reino Unido. Durante as investigações, três pessoas foram detidas e depois liberadas sob fiança pela polícia britânica.

O contêiner em que estavam os migrantes chegou de balsa ao porto de Purfleet, no Tâmisa, procedente de Zeebruges, na Bélgica. Embora as vítimas ainda não tenham sido oficialmente identificadas, à espera dos testes de DNA, as autoridades britânicas afirmaram na semana passada que provavelmente são vietnamitas.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.