Acessar o conteúdo principal
Música

Vocalista do Roxette morre após anos lutando contra um câncer

A cantora do Roxette, Marie Fredriksson, tratava um tumor cerebral desde 2002.
A cantora do Roxette, Marie Fredriksson, tratava um tumor cerebral desde 2002. Reuters

A cantora Marie Fredriksson, da banda sueca Roxette, faleceu na segunda-feira (9), após 17 anos lutando contra um câncer. O anúncio foi feito por seu empresário nesta terça-feira (10).

Publicidade

"É com grande tristeza que devemos anunciar que Marie Fredriksson, do grupo Roxette, faleceu na manhã do 9 de dezembro, após um combate de 17 anos contra o câncer, indicou Dimberg Jernberg em um comunicado.

A vocalista se tratava desde 2002 de um tumor cerebral, do qual os médicos afirmaram que ela tinha apenas 25% de chance de sobreviver. Em 2010, chegou a apresentar uma expressiva melhora, voltando aos estúdios e aos palcos.

Mas, seis anos depois, a doença voltou a se manifestar e os médicos da cantora a aconselharam que permanecesse em repouso. A radiação utilizada para o tratamento do câncer contribuiu para a piora de seu estado de saúde.

Em 2013, em entrevista à imprensa internacional, Marie revelou que a doença a obrigou a reaprender a falar e a cantar. "Foi muito doloroso. Eu tinha tanto medo, não sabia o que poderia acontecer. No meu interior, eu pensava: vou conseguir, ainda não é a minha hora de morrer. Repetia isso para mim mesma, ainda que os prognósticos não fossem muito bons", contou.

A cantora deixa o marido, o músico Mikael Bolyos, com quem se casou em 1994. O casal teve dois filhos, Inez e Oscar.

80 milhões de álbuns

Formado em 1986 por Marie e o guitarrista Per Gessle, a banda de pop rock Roxette se formou na Suécia, mas só alcançou o sucesso internacional depois que um estudante de intercâmbio americano levou um dos álbuns da dupla para uma rádio em Minneapolis, que passou a tocar as músicas do grupo. Depois de se tornarem conhecidas nos Estados Unidos, as canções da banda rodaram o mundo.

No total, Roxette gravou 10 álbuns, vendendo cerca de 80 milhões. Entre seus maiores hits estão "The Look", "Fading like a flower", "Listen to your heart", "Joyride" e "It must have been love", que faz parte da trilha sonora do filme "Uma Linda Mulher" (1990), com Julia Roberts e Richard Gere.

Marie também lançou oito discos solo, com três deles alcançando o topo das paradas na Suécia. Em maio de 2018, ela lançou um novo single, "Sing Me a Song", para marcar seu aniversário de 60 anos.

Em seu Twitter, relembrando uma das canções do Roxette cantada por Marie, Per Gessle escreveu: "as coisas nunca mais serão as mesmas". "O tempo passa tão rápido. Não faz tanto tempo que passávamos dias e noites no meu apartamento minúsculo compartilhando sonhos impossíveis. E que sonho conseguimos finalmente dividir! Sou honrado por ter conhecido seu talento e sua generosidade", reiterou o guitarrista do Roxette.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.