Acessar o conteúdo principal
França/ataque

Homem que tentou agredir policiais em bairro de negócios perto de Paris é morto a tiros

Homem que tentou agredir policiais em bairro de negócios perto de Paris é morto a tiros
Homem que tentou agredir policiais em bairro de negócios perto de Paris é morto a tiros REUTERS/Charles Platiau

O homem tentou agredir policiais com uma faca em La Défense, bairro de negócios de Paris, morreu nesta sexta-feira (13), depois de ser neutralizado pelos policiais. O incidente aconteceu por volta das 10h30 no horário local.

Publicidade

O agressor, cuja identidade ainda não foi revelada, foi atingido no peito e na coxa. A confusão começou quando um vigia alertou a polícia sobre a presença de um homem armado de uma faca, no subsolo de La Défense. Uma patrulha de três agentes então se aproximou do suspeito, que veio correndo na direção deles gritando: “eu vou matá-los!”.

Os policiais então atiraram sete vezes, segundo testemunhas. Uma bala atingiu o tórax e outra a coxa. O autor do ataque, de cerca de 30 anos, caiu no chão e chegou receber os primeiros socorros, mas não resistiu e morreu. Em uma mensagem no Twitter, a polícia pediu à população que evitasse o setor. A morte foi confirmada pela Procuradoria de Nanterre, no subúrbio de Paris.

Motivação terrorista não foi confirmada

O homem não tinha documentos e ainda não se sabe se a motivação do ataque foi terrorista. Por enquanto, ainda não se sabe qual motivo o levou a atacar os agentes. Nos últimos anos, os policiais franceses vêm sendo vítimas de tentativas de diversos ataques na França.

No início de outubro, quatro funcionários da Secretaria de Segurança Pública de Paris, morreram vítimas de um atentado dentro da sede da polícia francesa. O autor foi Mickaël Harpon, um homem que trabalhava no local há mais de 16 anos, e havia se convertido há pouco tempo ao Islã.

A França é particularmente visada porque faz parte da coalizão militar internacional que atua na Síria e no Iraque, contra o grupo jihadista Estado Islâmico, entre eles o chefe Abou Bakr al-Baghdadi, morto no final de outubro em uma operação militar americana. Na época, eles ameaçaram os Estados Unidos de represálias.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.