Acessar o conteúdo principal
França/crime

Interpol busca suspeito de ter matado própria família

Casa da família Dupont de Ligonnès, onde foram encontrados os corpos da mãe e quatro filhos.
Casa da família Dupont de Ligonnès, onde foram encontrados os corpos da mãe e quatro filhos. Reuters/Stephane Mahe

Xavier Dupont de Ligonnès, cuja mulher e quatro filhos foram assassinados e enterrados no jardim da casa da família, no noroeste da França, está sendo procurado no mundo todo pela Interpol, a polícia internacional, segundo um comunicado da procuradoria da República de Nantes, divulgado nesta terça-feira.

Publicidade

Cerca de 450 pessoas, segundo a polícia, participaram de uma marcha silenciosa nesta terça-feira, em memória das vítimas. Muitos jovens participaram do cortejo, com uma flor branca das mãos. A manifestação foi do centro da cidade até a casa da família assassinada.

Na sexta-feira, um mandato de busca foi emitido pela justiça de Nantes para a zona Schengen, sem obter resultados. Dupont de Ligonnès foi visto pela última vez no dia 15 de abril, em Roquebrune-sur-Argens (sudeste do país). Seu carro, um Citroen C5, foi localizado.

As autópsias das vítimas realizadas na sexta-feira mostraram que a mãe e seus quatro filhos de 13 e 20 anos foram alvo de execuções "metódicas" antes que seus corpos fossem cuidadosamente enterrados no jardim da casa. Segundo as primeiras constatações, as vítimas foram assassinadas enquanto dormiam e as análises tentam provar agora se tinham sido drogadas com antecedência.

Premeditação

Os detalhes do assassinato horrorizam a França. Meticuloso, Xavier de Ligonnès enviou cartas avisando da mudança da família, esvaziou as contas bancárias, retirou os discos duros dos computadores e limpou impecavelmente a casa. Ele também convencou o filho mais velho, que estudava em outra cidade, a voltar para casa, dizendo que a mãe tinha sofrido um acidente de bicicleta, o que revela que o crime foi premeditado.

Xavier de Ligonnès era dono de uma pequena agência de venda de espaço publicitário, mas mostrava nos últimos anos uma atitude suspeita. Ele teria acumulado muitas dívidas e declarava somente uma renda irrisória ao fisco.

Newsletterselfpromo.newsletter.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.