Acessar o conteúdo principal
França/Crime

Homem que se diz da Al-Qaeda mantém três reféns na França

Membros das forças especiais do Raid em Toulouse, em março de 2012.
Membros das forças especiais do Raid em Toulouse, em março de 2012. © AFP/ Pascal Pavani

Um homem que se reivindica como membro da rede terrorista Al-Qaeda mantém três reféns em uma agência bancária do grupo CIC na cidade de Toulouse, no sudoeste da França, nesta quarta-feira. No começo da tarde, uma mulher que também era tida como refém foi libertada. Ele pede a presença da unidade de elite da polícia francesa o RAID, de acordo com informações das autoridades locais.

Publicidade

Um tiro foi disparado, a polícia judicial já está no local e um perímetro de segurança de 200m foi estabelecido. Mesmo se ainda não há nenhuma confirmação de sua real filiação a Al-Qaeda, a suspeita levanta um alerta entre os moradores da cidade, que viveram há poucos meses o caso do jovem Mohamed Merah, ligado ao mesmo grupo terrorista e responsável pela morte de sete pessoas, entre elas três crianças.

Segundo o procurador Michel Valet, que está no local, o homem que já foi identificado, mas que ainda não teve sua identidade revelada, afirma agir por convicção religiosa e não por dinheiro.


 

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.