Acessar o conteúdo principal
França/Neve

Neve provoca cancelamento de centenas de voos em Paris

Estradas tiveram seus limites de velocidade reduzidos por causa da neve, o que complicou a vida dos motoristas na França.
Estradas tiveram seus limites de velocidade reduzidos por causa da neve, o que complicou a vida dos motoristas na França. REUTERS/Pascal Rossignol

A onda de frio que atinge parte da França provocou tempestades de neve que complicaram a vida da população. Por medida de precaução as autoridades decidiram anular mais de 20% dos voos previstos para decolar ou aterrisar na capital Paris nessa terça-feira. Diante do risco de acidente, algumas estradas do país tiveram seu limite de velocidade reduzido.

Publicidade

A apenas dez dias do início da primavera no hemisfério norte, os franceses e parte dos europeus foram surpreendidos por uma nova onda de frio. Os termômetros caíram abaixo de zero no norte e noroeste da França e tempestades de neve complicaram a vida da população, mas também dos viajantes de passagem pelo país.

A Direção geral da aviação civil (DGAC) pediu que as companhias aéreas anulassem 25% dos voos previstos para essa terça-feira no aeroporto Roissy-Charles-de-Gaulle, e 20% em Orly, os dois principais pontos de partida e chegada de Paris. A medida, que deve ser cumprida pelo menos até a metade do dia, representa cerca de 230 aviões no solo.

A ADP, empresa que administra o aeroporto Charles-de-Gaulle, pediu que todos os passageiros telefonem antes de sair de casa para saber se seus voos foram mantidos. “As equipes do serviço de inverno colocaram todos os meios humanos e materiais para retirar a neve e descongelar tudo para que as companhias aéreas possam realizar seus programas de voo com toda a segurança”, completou a ADP em um comunicado.

A circulação terrestre na região parisiense também deve ser complicada, segundo a prefeitura de Paris. Os serviços meteorológicos preveem a formação de camadas de neve de até 10 centímetros de espessura na capital. Após meia-noite de terça-feira várias ruas e estradas tiveram seus limites de velocidade reduzidos para evitar acidentes.

Fora de Paris 25 regiões francesas foram colocadas em estado de alerta. Ventos de mais de 100 km/h são previstos e as tempestades de neve podem durar até quarta-feira de manhã. Na Normandia e na Bretanha, no noroeste do país, mais de 60 mil casas ficaram sem eletricidade na noite dessa segunda-feira por causa de fios elétricos cortados pela neve. Várias estradas tiveram que ser interditadas e os serviços de transportes para as escolas foram interrompidos em diversas regiões. Os termômetros devem cair até -5 graus na Picardia, ou norte de Paris. 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.