Acessar o conteúdo principal
França/ drogas

Parisienses protestam contra a abertura de sala para uso de drogas

Espaço para consumo de drogas perto de Genebra, na Suíça.
Espaço para consumo de drogas perto de Genebra, na Suíça. REUTERS/Denis

Dezenas de pessoas protestaram hoje em Paris contra a abertura de uma sala para consumo de drogas no 10º distrito da capital. Este seria o primeiro espaço do gênero na França, a exemplo do que acontece em outros países europeus ou no Canadá.

Publicidade

A sala deve ser aberta nas imediações da Gare du Nord, de onde partem trens para vários países vizinhos ou outras regiões da França. Neste sábado, uma delegação de moradores foi recebida pelo prefeito do distrito, Rémi Féraud. Ele foi o único a se candidatar a abrigar o serviço, dentre os 20 distritos de Paris.

“Nós dissemos a ele: “pare e pense um pouco sobre isso”, disse Pierre Coulogner, presidente da Associação Vivre Gares du Nord et Est. Os membros da entidade demonstram preocupação com a segurança dos moradores. O local deve ser instalado no Boulevard de la Chapelle, em um prédio público cedido por três anos para a prefeitura de Paris para este objetivo.

“Nós queremos uma solução melhor para os moradores. Eles dizem que a sala permanecerá aberta nos horários comerciais, mas o que isso significa? Que vão jogar as pessoas na rua? Que as pessoas não vão continuar se drogando depois?”, afirmou uma membro da associação, Hélène Panova, vizinha da futura sala. Os habitantes do bairro, onde existe compra e venda de drogas em algumas ruas, defendem que o serviço seja instalado nas dependências de um hospital.

De acordo com o prefeito do distrito, “existem alguns desacordos, mas temos a possibilidade de avançarmos juntos para uma solução”. O futuro local vai receber usuários de heroína, crack e cocaína. Os viciados trazem a própria droga e podem utilizar seringas descartáveis fornecidas por enfermeiros, com o objetivo de evitar a transmissão de doenças e garantir mais higiene aos usuários.

A Suíça foi a pioneira deste tipo de serviço, com a abertura das primeiras salas para o consumo seguro de drogas nos anos 80.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.