Acessar o conteúdo principal
Mali/assassinatos

Investigação revela detalhes sobre suspeito na morte de jornalistas

Carro usado no sequestro de Ghislaine Dupont e Claude Verlon, da RFI.
Carro usado no sequestro de Ghislaine Dupont e Claude Verlon, da RFI. REUTERS/Stringer

Baye Ag Bakabo, suspeito de ter planejado o sequestro e assassinato de dois jornalistas da Rádio França Internacional, é um tuaregue ligado à Aqmi (braço da Al Qaida no norte da África) e traficante de drogas. A informação foi feita por François Molins, procurador da República, em Paris. Ele é também o proprietário do carro usado no crime.

Publicidade

O alto magistrado evocou “suspeitas bastante precisas” sobre o tuaregue, cujo nome já tinha sido evocado no Mali, onde aconteceram os assassinatos de Ghislaine Dupont e Claude Verlon, dia 2 de novembro. “Ele foi visto no volante do carro que sequestrou os dois jornalistas e também foi visto comprando 140 litros de gasolina na véspera ou antevéspera do sequestro”.

Molins acredita na tese de um sequestro que deu errado, talvez por falha das más condições do carro. As investigações constataram que o 4X4 teve um problema de motor e vazamento de óleo. O motor superaquecido teria provocado a parada do veículo no km 12 da estrada saindo de Kidal, no norte do Mali.

A respeito da execução dos jornalistas, o procurador expõe duas hipóteses. Uma é de que eles teriam tentado fugir quando o carro apresentou problemas e por isso foram mortos. Ou que os sequestradores preferiram a execução para evitar que os reféns atrapalhassem a fuga.

Sobre o motivo do sequestro, Molins disse ainda não ter nenhuma pista. Ele citou algumas possibilidades, como a de que o sequestro seria resultado de uma diretiva geral, a de sequestrar franceses, por exemplo. Poderia ser orientação precisa de um chefe local ou até mesmo uma iniciativa pessoal.

O tribunal de Paris abriu um inquérito no dia 2 de novembro, dia dos assassinatos, por “sequestro seguido de morte em relação a uma entidade terrorista”.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.