Acessar o conteúdo principal
Paris/Manifestações

Uma pessoa morre durante bloqueio de agricultores a Paris

Agricultores bloqueiam com tratores as principais estradas de acesso à capital francesa para protestar contra o aumento de impostos e a redução de subsídios. Na foto, estrada bloqueada no leste da França em 8 de novembro de 2013.
Agricultores bloqueiam com tratores as principais estradas de acesso à capital francesa para protestar contra o aumento de impostos e a redução de subsídios. Na foto, estrada bloqueada no leste da França em 8 de novembro de 2013. REUTERS/Pascal Rossignol

O ministro dos Transportes francês exige o fim imediato do protesto de agricultores nos arredores de Paris após acidentes que deixaram um morto e seis feridos. Desde as primeiras horas desta quinta-feira, 21 de novembro de 2013, os agricultores bloqueiam com tratores as principais estradas de acesso à capital francesa para protestar contra o aumento de impostos e a redução de subsídios.

Publicidade

O ministro dos Transportes francês, Frédéric Cuvillier, pediu o fim imediato do bloqueio à capital após o acidente entre um carro e um caminhão em uma das barreiras rodoviárias montadas pelos agricultores. No acidente, o motorista do carro, um bombeiro que estava indo para o trabalho, morreu. Em outro acidente, envolvendo um carro de polícia e um trator, seis pessoas ficaram feridas. Frédéric Cuvillier exige o fim do protesto por "questões de segurança e de responsabilidade".

Os agricultores aceitaram até agora desfazer apenas a barreira onde ocorreu o acidente fatal "num gesto de compaixão". Um dos líderes do movimento, Damien Greffin, presidente da Confederação dos Sindicatos de Agricultores da Região Île de France, lamenta que o governo utilize "um simples acidente rodoviário que aconteceu dois quilômetros antes da barreira para descreditar o movimento”. A manifestação provoca engarrafamentos em várias estradas.

O bloqueio da capital, anunciado desde o início da semana, é em protesto contra o aumento excessivo de impostos e excesso de regulamentação do setor. A manifestação é encabeçada pelos produtores de cereais que criticam a decisão do governo de redistribuir subsídios agrícolas europeus para beneficiar também pecuaristas atingidos pela atual crise econômica.

O ex-ministro da Agricultura e deputado socialista, Jean Glavany, criticou hoje o movimento. Ele considera “um escândalo que os agricultores mais beneficiados, que recebem mais subsídios, bloqueiem as rodovias”. Glavany lembra que a situação econômica da França é difícil e defendeu a decisão de “solidariedade” do atual governo socialista de redistribuir os subsídios europeus para beneficiar também os pequenos produtores.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.