Acessar o conteúdo principal
França/Paris

Incêndio atinge Maison de la Radio, ex-sede da RFI

Colunas de fumaça são vistas nos andares superiores, que estavam em obras, na Maison de la Radio.
Colunas de fumaça são vistas nos andares superiores, que estavam em obras, na Maison de la Radio. REUTERS/Gonzalo Fuentes

Um incêndio atingiu nesta sexta-feira (31) a Maison de la Radio, em Paris. O edifício, marco arquitetural na zona oeste da capital francesa, abriga sete rádios públicas e duas orquestras filarmônicas. O fogo começou por volta das 12h30 no horário local, 9h30 no horário de Brasília. Pelo menos três rádios interromperam sua programação e os funcionários foram retirados do prédio. Não há informações de feridos.     

Publicidade

Segundo as primeiras informações, o incêndio começou no 7° andar da Maison de la Radio e se alastrou até o 10°. Os três andares, na parte superior do edifício, estão atualmente em obras. O porta-voz do Corpo de Bombeiros, Gabriel Plus, disse que não havia ninguém nos locais atingidos pelo fogo.

Jornalistas e técnicos de três rádios - France Inter, France Info e France Culture - foram rapidamente evacuados do prédio. Testemunhas contaram ter ouvido explosões depois do início do incêndio. Colunas de fumaça preta eram vistas à distância no céu de Paris.

O diretor da radio France Info, Laurent Guimier, relatou que a evacuação dos técnicos e jornalistas aconteceu de forma calma, sem cenas de pânico. O jornalista Jean-Philippe Deniau, diretor da rádio France Inter, afirmou que o alarme de incêndio não soou e os funcionários deixaram o prédio quando sentiram cheiro de fumaça.

Pelo menos 16 caminhões do Corpo de Bombeiros trabalham no local. Uma hora e meia após o início das operações, o fogo foi controlado, de acordo com o porta-voz.

A Maison de la Radio foi sede da RFI até o início de janeiro de 2013. O prédio está em obras há vários anos. 

Hollande evoca 'trauma' para os parisienses

O presidente François Hollande, que recebe hoje em Paris a visita do presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, afirmou que acompanha atentamente o trabalho dos bombeiros. "Um incêndio no centro de Paris, num edifício mítico da cidade construído há 50 anos pela vontade expressa do general De Gaulle, é um evento traumático para os parisienses", afirmou Hollande. "As razões do fogo ainda não são conhecidas, mas sabemos que o prédio está em obras. O governo acompanha atentamente os trabalhos de resgate", completou Hollande.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.