Acessar o conteúdo principal
França/14 de Julho

Carros incendiados e prisões marcam 14 de Julho em Paris e Lyon

Festa nacional francesa foi marcada por explosões de violência urbana. Carros foram incendiados na periferia de Paris.
Festa nacional francesa foi marcada por explosões de violência urbana. Carros foram incendiados na periferia de Paris. Captura vídeo Le Parisien

A festa nacional francesa foi marcada por explosões de violência urbana. Na madrugada de segunda para terça-feira, quando o país se preparava para comemorar o aniversário da queda da Bastilha, cerca de 100 pessoas foram presas provisoriamente em Paris e 109 em Seine Saint-Denis.

Publicidade

Em La Courneuve, na região parisiense, uma midiateca, um supletivo e um mercadinho foram incendiados. Mais de 75 carros foram queimados por todo o país - entre eles, uma viatura de polícia, em Neuilly-Plaisance. Nesta cidade, que fica ao leste da capital, vários postos policiais e delegacias foram cercados. Uma delegacia de Ulis foi apedrejada por cerca de 40 pessoas.

O clima também ficou tenso no norte de Paris, depois que morteiros foram atirados contra a polícia. Três policiais foram atingidos por pedradas e ficaram levemente feridos em Yvelines, também nos arredores da capital. Apesar do grande número de prisões e danos ao patrimônio, os excessos não foram muito maiores do que no ano passado, informou a polícia.

Em Lyon, segunda região mais populosa da França, os casos de violência começaram no fim de semana. Durante o feriado, carros e cestas de lixo foram queimados e a policia foi recebida com barricadas e tiros de fogos de artifício.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.