Acessar o conteúdo principal
França/Política

Jean-Marie Le Pen é expulso do partido de extrema-direita Frente Nacional

Jean-Marie Le Pen chega ao conselho executivo de seu partido nesta manhã.
Jean-Marie Le Pen chega ao conselho executivo de seu partido nesta manhã. EUTERS/Christian Hartmann

O comitê executivo do partido de extrema-direita francês Frente Nacional convocou nesta quinta-feira (20) o presidente de honra, Jean-Marie Le Pen, para explicar suas declarações polêmicas e racistas, principalmente sobre as câmaras de gás usadas pelos nazistas, que ele chamou em uma entrevista de "apenas um pequeno detalhe da história".

Publicidade

Durante três horas, Le Pen tentou argumentar, sem conseguir convencer o comitê. A crise envolvendo o co-fundador da Frente Nacional já dura cinco meses.

Briga com a filha

Jean-Marie Le Pen já havia sido convocado em maio e havia sido suspenso como militante, uma decisão posteriormente anulada pela justiça. Em seguida, a presidente do partido, Marine Le Pen, que é sua filha, realizou um congresso por correspondência para decidir se Jean-Marie Le Pen perderia o título de presidente de honra.

94% votou pela perda do título. Mas a decisão também foi anulada pela Justiça francesa. A justificativa foi que o partido deveria realizar um congresso com a presença física dos militantes. Marine Le Pen não estará presente na reunião de hoje para, segundo ela, respeitar uma imparcialidade total.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.