Acessar o conteúdo principal

Para França, solução para conflito israelense-palestino está em perigo

O ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Marc Ayrault, na conferência
O ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Marc Ayrault, na conferência REUTERS/Stephane de Sakutin/Pool

A possibilidade de dois Estados, um israelense e outro palestino, está em grave perigo e a situação se aproxima de "um ponto de não retorno", alertou o ministro francês das Relações Exteriores, Jean-Marc Ayrault.

Publicidade

"É necessário atuar urgentemente para preservar a solução dos dois Estados, reanimá-la antes que seja muito tarde", disse, ao sair de uma conferência internacional sobre o Oriente Médio em Paris, reiterando a vontade francesa de organizar uma reunião entre israelenses e palestinos até o fim do ano.

A conferência tem a presença de ministros e representantes de quase 30 países e organizações internacionais, incluindo o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, mas nem israelenses nem palestinos foram convidados.

No início da reunião, o presidente francês, François Hollande, pediu à comunidade internacional que volte a mobilizar esforços para encontrar uma solução ao conflito, um dos mais antigos do mundo.

Hollande, no entanto, insistiu que a "corajosa opção da paz" está nas mãos de israelenses e palestinos.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual você tenta acessar não existe ou não está mais disponível.